Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Longas jornadas de trabalho podem ser prejudiciais

As longas jornadas de trabalho podem provocar sérios problemas para a saúde física e mental dos sujeitos. Embora muitas pessoas acreditem que “trabalhar bastante” é algo positivo e que agrega valor à carreira, a verdade é que todo excesso pode ser extremamente prejudicial para o nosso bem-estar.

No conteúdo de hoje, no entanto, apresentaremos algumas considerações importantes sobre as longas jornadas de trabalho, a fim de fazer com que você reflita sobre a sua organização diária. Vamos lá?

Efeitos das longas jornadas de trabalho

As longas jornadas de trabalho provocam efeitos no curto, médio e longo prazo. No hoje, você pode se sentir apenas cansado ou irritado; na semana que vem, a desmotivação com a carga de trabalho pode aparecer e, no próximo mês, questões profundas de saúde física e mental podem vir à tona. Veja:

1- Risco de derrame e doenças cardíacas fatais aumentam

Um estudo conduzido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) apontou que longas jornadas de trabalho podem aumentar o risco de derrame em até 37%. Ao mesmo tempo, o risco de desenvolver uma doença cardíaca fatal aumenta em 17% em pessoas que possuem uma carga de trabalho semanal maior do que 55 horas.

Isso tem provocado muitas mortes prematuras em prol de um trabalho sem fim. Além disso, vale ressaltar que este estudo foi feito antes da pandemia e, hoje, com o home office em alta, devemos ficar ainda mais alertas. Afinal, o trabalho em casa pode provocar um acúmulo de serviços e obrigações para além do expediente.

2- A produtividade pode ficar cada vez mais ameaçada

Além de provocar doenças e mortes prematuras, as longas jornadas de trabalho podem ainda ser uma ameaça à sua produtividade. Aqui, queremos realçar que a produtividade nunca deve vir acima da sua saúde física e mental, porém, ela é importante para o seu bem-estar e o seu crescimento. Por isso a elencamos como um efeito negativo das longas jornadas de trabalho.

Afinal, quanto mais trabalhamos, mais tendemos a gastar a nossa energia mental, além de que o foco pode diminuir com o passar do dia e com o excesso de trabalho. Logo, nossa produtividade, a sensação de dever cumprido e a satisfação com o trabalho, vão embora.

3- Crises de ansiedade e estresse se tornam corriqueiras

As crises de ansiedade e estresse também se tornam recorrentes. Você passa a sentir uma pressão para entregar tudo “pra ontem”, sentindo uma ansiedade absurda ao ver o relógio correndo em direção ao futuro. Ao mesmo tempo, o estresse com a carga de trabalho que precisa ser executado no hoje também se torna um gatilho para dias mais difíceis e desgastantes.

Aqui, novamente notamos o quanto as longas jornadas de trabalho podem ser prejudiciais para a saúde como um todo.

É hora de se conscientizar sobre as longas jornadas de trabalho

É hora de você se conscientizar e conscientizar quem está em sua volta. Precisamos quebrar o tabu que diz que “trabalhar demais” é algo positivo e “bonito”. A romantização desse excesso pode estar colocando a sua vida e de outras pessoas em risco. Portanto, reflita: você tem trabalhado demais?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.