Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Cartão emergencial de R$ 200 será liberado; veja quem vai receber

De acordo com informações do Governo do Piauí, cerca de 15 mil famílias em situação de vulnerabilidade irão receber o cartão

O Governo do estado do Piauí começou a distribuir milhares de cartões emergenciais. De acordo com as informações oficiais, esses são os utensílios que virão carregados com R$ 200 para as famílias em situação de vulnerabilidade. O programa deve atender cerca de 15 mil pessoas. Serão duas parcelas.

De acordo com o Governo do estado, a entrega começou aos poucos e está seguindo para todos as cidades da unidade da federação. Para saber se tem direito ao benefício, o cidadão piauiense deve ligar para Centro de Assistência Social (CRAS) da sua cidade para tentar saber se o seu nome está na lista dos contemplados.

O Governo local adianta que o projeto exige a comprovação de algumas regras. A principal delas é que a família precisa estar dentro de um contexto de extrema pobreza ou mesmo de pobreza. Na prática, a pessoa precisa estar em uma família que tenha renda per capita de até R$ 178 por mês normalmente.

Além disso, outra exigência do programa é que o dinheiro desse projeto não pode chegar nas mãos de pessoas que recebam outros benefícios. Aqui se incluem ajuda de todos os níveis, como o Bolsa Família e Auxílio Emergencial do Governo Federal, ou mesmo textos municipais e estaduais da região.

“Estamos integrados com os municípios, com os movimentos sociais, para que possamos fazer a busca ativa e estender a mão para essas pessoas. Isso estará agregado a um programa que lançaremos para que, além do auxílio, esses brasileiros possam ser capacitadas para garantir uma vaga no mercado de trabalho ou para que empreendam”, disse o Governador Wellington Dias (PT).

Só alimentos

De acordo com informações do Governo do estado do Piauí, o programa em questão vai entregar esses cartões justamente em uma tentativa de evitar fraudes. Por isso, eles estão limitando o uso desse utensílio.

O Governo local afirma que esse valor só vai servir para comprar alimentos. Então as pessoas que farão parte do programa não poderão comprar nada além de comida. Pelo menos é o que diz a regra do projeto.

Opinião do Presidente

Em entrevistas recentes, o Presidente Jair Bolsonaro disse que é contra o pagamento de benefícios pelos governos dos estados e prefeituras das cidades. De acordo com ele, isso poderia transformar pessoas em cidadãos dependentes do estado.

No entanto, o próprio Presidente tem um Auxílio Emergencial para chamar de seu. O benefício do Governo Federal está pagando nesta semana a quarta parcela. Os valores variam entre R$ 150 e R$ 375 a depender da pessoa que está recebendo a quantia.

Prorrogação do Auxílio

Recentemente, aliás, o Governo Federal anunciou a prorrogação desse Auxílio Emergencial que é pago pela Caixa Econômica. Assim o benefício em questão vai seguir realizando pagamentos até o próximo mês de outubro, pelo menos.

Logo depois desse prazo o plano do Governo Federal é começar os repasses do novo Bolsa Família. De acordo com as informações de bastidores, o benefício que hoje paga uma média de R$ 190, vai passar a pagar uma média de R$ 300 a partir do próximo mês de novembro.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.