Criptomoeda: a moeda digital descentralizada, tecnológica e inovadora 

A criptomoeda é uma moeda digital descentralizada, tecnológica e inovadora. Saiba mais sobre essa inovação!

De forma sucinta, a criptomoeda é uma moeda digital protocolada de forma criptografada. Assim sendo, é uma moeda virtual e descentralizada, sendo utilizada para situações diversas na atualidade. Pois, as criptomoedas facilitam as transações, sendo uma inovação tecnológica que impacta diretamente a economia global.

Criptomoeda: a moeda digital descentralizada, tecnológica e inovadora 

Embora a descentralização governamental  seja um fator relevante no conceito da criptomoeda, a ausência de uma instituição controladora não protege o investidor/comprador de situações perigosas na internet, como ataques cibernéticos ou vírus, sendo esse um risco do mercado de criptomoedas, já que não há nenhum tipo de fundo garantidor de crédito.

A moeda virtual chama a atenção da economia global

Notícias recentes informam que algumas das maiores economias mundiais estão discutindo a possibilidade de legalizar o modelo digital de moedas. Contudo, oficialmente nada a respeito foi divulgado e não há informações sobre como seria essa forma de controle. Sendo assim, as criptomoedas utilizam o sistema descentralizado, registrando transações e emitindo novas unidades de forma controlada.

Bitcoin: a primeira e mais popular moeda digital

A primeira moeda digital lançada foi o Bitcoin, desde então – 2009 – é a mais popular no mercado. As criptomoedas são criadas em uma rede blockchain que, de forma sucinta, permite o envio e o recebimento de informações pela internet, funcionando como um grande banco de dados, carregando informações conectadas como blocos ou correntes.

Através da criptografia, garantida pela tecnologia blockchain, as moedas virtuais são seguras, sendo um ponto relevante para a popularização dessa tecnologia. As criptomoedas permitem o envio de valores sem o intermédio bancário, sendo uma ferramenta altamente tecnológica.

Compras e o mercado investimentos

É cada vez mais comum que as criptomoedas sejam utilizadas para compras de produtos ou serviços em vários países do mundo. Além disso, o mercado de criptomoedas tem crescido no mundo dos investimentos, já que as pessoas compram a moeda virtual esperando que o preço se eleve.

Entretanto, a natureza da tecnologia utilizada pelas criptomoedas não é o mercado de investimentos, já que elas não são ativos como títulos ou ações.

Golpes e fraudes na internet utilizam o conceito das criptomoedas

Sendo assim, o mercado de criptomoedas é passível de volatilidade, considerando a variação dos preços e, principalmente, também pode ser alvo de golpes e fraudes na internet, assim como diversas ferramentas no mercado financeiro, como o Pix e o Open finance, pois, embora a criptografia garanta a segurança das transações, há várias formas de direcionar erroneamente o usuário.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.