Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.3/5 - (16 votes)

Cadúnico: Quem pode entrar através do aplicativo oficial do Governo?

De acordo com o Ministério da Cidadania, pouco mais de 200 mil pessoas já realizaram o download do novo app do Cadúnico

O novo aplicativo do Cadúnico completa duas semanas no ar e já conta com mais de 200 mil downloads e também com uma série de dúvidas sobre a aplicação. Uma das questões que cercam o novo programa de celular é a situação do funcionamento do processo de entrada na lista do Governo Federal através deste aplicativo.

De acordo com as informações do Ministério da Cidadania, a partir de agora, as pessoas podem iniciar o processo de entrada no Cadúnico através do app. Mas atenção: o aplicativo servirá apenas para que o cidadão inicie o procedimento. Não será possível concluir a entrada de maneira remota. Nesse sentido, nada mudou.

Alguns usuários estão se surpreendendo ao tentar realizar o procedimento completo no app. O Ministério da Cidadania explica, que antes do novo app, o cidadão tinha que realizar todo o processo de entrada no Cadúnico através do sistema presencial. Em muitos casos, as pessoas precisavam fazer várias visitas aos chamados Centros de Referência em Assistência Social (CRAS).

A partir de agora, muda o fato de que o mesmo cidadão pode iniciar todo o procedimento de maneira online. Assim, o indivíduo tem a possibilidade de adiantar boa parte do processo pela internet, sem precisar sair de casa. A expectativa é que o usuário tenha que ir ao CRAS apenas para fazer a confirmação da entrada na lista do poder executivo.

Entretanto, vale sempre lembrar que cada caso funciona de uma maneira específica. O Ministério da Cidadania lembra que em certas situações, alguns cidadãos terão que ir mais de uma vez ao CRAS mesmo ao iniciar procedimento de maneira online. Tudo dependerá da documentação exigida e que falta para a família em questão.

Quem pode iniciar o processo online

O Governo Federal afirma que as regras de entrada no Cadúnico não mudaram. Dessa forma todas as pessoas que podem realizar o processo de inserção na lista de maneira presencial também podem começar a realizar o procedimento de maneira online.

E quais são as regras? Segundo o próprio Governo Federal, é preciso ter uma renda familiar mensal total de até três salários mínimos, ou seja, R$ 3.636 para este ano de 2022. Qualquer cidadão que se encaixe nessa norma, pode entrar.

Além disso, pessoas que possuem renda maior do que três salários mínimos, mas que tenham um cadastramento vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do Governo, também podem pedir para entrar no Cadúnico.

Cadúnico não é garantia

É importante lembrar que o ato de entrada na lista do Governo Federal não garante o recebimento de nenhum programa social. Ao entrar, o cidadão apenas passa a ter mais chances de ser selecionado.

Do ponto de vista do Governo Federal, o Cadúnico é usado como porta de entrada para seus principais programas sociais como o Auxílio Brasil e o vale-gás nacional. Eles também utilizam os dados da lista para selecionar os usuários que recebem os descontos da Tarifa Social de Energia Elétrica.

Entretanto, não é apenas o Governo Federal que usa o Cadúnico como fonte para seleção de projetos. Algumas unidades da federação também analisam as informações para decidir quem são os usuários que podem entrar em seus programas sociais.

4.3/5 - (16 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

4 Comentários
  1. Sandra Maria de Assis Cruz Diz

    Ainda vou receber auxílio emergencial

  2. Zeni Diz

    Eu não consigo nem o auxílio emergencial tem 63 anos não posso trabalhar não tenho nenhuma renda e cortaram meu axilio emergencial

  3. Alessandra Diz

    Boa tarde eu desde 2020 fiz um novo cadastro no bolsa família so que na epoca eu ia receber a ultima parcela do seguro desemprego ,lembando que eu comuniquei a pessoa que fez a entrevista ,so que ate hoje não recebo nada? Fui o craz da minha cidade em janeiro pra poder saber o motivos de eu não receber .Me mandaram voltar em março ,voltei la eles revisaram tudo novamente ,estava constando que eu tinha renda de 900 reais impossível ja faz 3 anos que estou desempregada .eles reslveram ,fui la novamente 15 dias depois está tudo certinho mais guando ligo pra o 111 ou entro no app do Auxílio Brasil fica a mesangem não a benefício para o CPF imformado isso ja tem mais de dois anos com a mesma mensagens

  4. Ester Diz

    Oii ” bom dia ! a todos bom trabalho

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.