CAIXA TEM libera saque de R$2,9 mil e brasileiros fazem FESTA; veja como sacar

Prazos estão sendo determinados para resgate

Os benefícios assegurados por lei aos trabalhadores do Brasil são diversos. Por exemplo: períodos de descanso remunerado, gratificação natalina e auxílio financeiro no caso de desemprego. Adicionalmente, mensalmente, os empregadores precisam depositar parte do salário dos trabalhadores em um fundo conhecido como Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que agora pode ser liberado pelo Caixa Tem.

Muitas pessoas desconhecem, porém, é viável obter acesso anualmente a esse montante. Mas isso, desde que o titular seja adepto da alternativa denominada saque-aniversário do FGTS. Essa modalidade possibilita o resgate da porcentagem do saldo de contas, sem contar com o valor de até R$ 2,9 mil pelo Caixa Tem.

O procedimento é descomplicado, rápido e simples. O saque é efetuado através do app Caixa Tem e no presente momento encontra-se disponível para uma quantidade significativa de brasileiros.

Mudança no saque-aniversário pelo Caixa Tem ou outro meio de resgate

Ao optar por essa mudança, os trabalhadores têm a possibilidade de sacar parte do FGTS anualmente, sempre do mês do aniversário até o segundo mês posterior. Dessa forma, para aqueles nascidos em junho, têm até o fim de agosto para realizar o saque.

A modificação é feita no app FGTS, no item “saque-aniversário”. É válido ressaltar que, ao aderir, é necessário esperar pelo menos 24 meses para o retorno à modalidade convencional (retirada-rescisão).

Durante esse período, o titular fica impedido do resgate do valor total das contas se for dispensado sem a justa causa. Portanto, é fundamental ponderar cuidadosamente os prós e os contras das opções antes de efetuar a troca.

Retirada acima dos R$ 2,9 mil

Como mencionado previamente, o saque varia de acordo com o saldo disponível nas contas em nome do trabalhador. Verifique as faixas de saldo, a porcentagem de saque e o valor adicional da parcela.

Saldo Saque % Adicional fixa
R$ 500,00 50
R$ 500,01 até R$ 1.000,00 40 R$ 50,00
R$ 1.000,01 até R$ 5.000,00 30 R$ 150,00
R$ 5.000,01 até R$ 10.000,00 20 R$ 650,00
R$ 10.000,01 até R$ 20.000,00 10 R$ 1.150,00
Acima de R$ 20.000,00 5 R$ 2.900,00
CAIXA TEM libera saque de R$2,9 mil e brasileiros fazem FESTA; veja como sacar
Prazos estão sendo determinados para resgate – Imagem: Canva

Bolsa Família com aumento já começou a ser pago

O montante médio a ser transferido pelo programa Bolsa Família aumentará a partir desta segunda-feira (19). Com o reajuste recente, o Governo iniciará o pagamento de R$ 142 por cada membro da família. Para famílias com menos de quatro indivíduos, o valor mínimo garantido de R$ 600 permanece inalterado. Além disso, o adicional de R$ 150 por criança com idade entre 0 e 7 anos incompletos continuará sendo disponibilizado.

Adicionalmente, o Benefício Variável Familiar, que concede R$ 50 adicionais por dependente de 7 a 18 anos incompletos, também será pago neste mês. Nos casos de gestação, o benefício adicional será depositado durante os nove meses de gravidez. Com a nova medida, o valor médio do Bolsa Família passa de R$ 672 para R$ 705.

As novas medidas beneficiarão quase 10 milhões de famílias, de acordo com dados divulgados pelo governo. O pagamento referente a este mês será depositado ao longo desta semana, com prazo final até o dia 30 de junho. O benefício será repassado com base no Número de Identificação Social (NIS) do responsável pela família.

O ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, ressalta que o pagamento por membro da família, ao invés de um valor único para todos, era uma solicitação antiga. Ele explicou: “Antes do Auxílio Brasil, uma família de 10 adultos recebia R$ 600, ou seja, R$ 60 per capita. Agora, essa família de dez passará a receber R$ 1420. Isso significa uma renda que garante a alimentação adequada”.

Calendário de junho

O calendário de pagamentos do Bolsa Família em junho tem a escalonagem feita conforme o último dígito do NIS do beneficiário. Portanto, é fundamental que as famílias estejam atentas ao calendário de pagamentos para não perderem o prazo de saque estipulado pelo governo. Dessa forma, o calendário de pagamentos do Bolsa Família em junho organiza-se da seguinte maneira:

  • 1 – 19/06;
  • 2 – 20/06;
  • 3 – 21/06;
  • 4 – 22/06;
  • 5 – 23/06;
  • 6 – 26/06;
  • 7 – 27/06;
  • 8 – 28/06;
  • 9 – 29/06;
  • 0 – 30/06.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.