Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Sem inspiração para estudar: Como se sentir inspirado?

Veja algumas fontes interessantes de inspiração.

Sentir-se sem inspiração para estudar pode causar exaustão mental e até mesmo ansiedade, estresse e, em alguns casos, depressão. O desânimo constante, somado à carga de matérias e tarefas, faz com que o estudante não consiga enxergar uma luz no fim do túnel.

Nesse cenário, além de buscar ajuda psicológica profissional, o estudante também pode começar a tomar medidas que mudem a sua rotina de estudos e foco. Logo, poderá trabalhar em prol de um dia a dia mais saudável.

Pensando nisso, trouxemos algumas dicas que podem lhe dar um suporte a mais nessa tarefa de compreender o que fazer quando se sentir sem inspiração para estudar. Acompanhe.

O que fazer quando se sentir sem inspiração para estudar?

O primeiro passo é tentar reconhecer os gatilhos emocionais por detrás da falta de inspiração e motivação. Será que esse desânimo tem relação com os estudos, ou com outros problemas pessoais? Pense sobre isso.

Essa variedade de causas torna o acompanhamento psicológico ainda mais importante: às vezes, é necessário tratar uma questão familiar, de autoestima ou de relacionamento, por exemplo, ao invés de focar apenas na motivação nos estudos.

Tendo isso em mente, considere que as dicas abaixo são apenas sugestões, e que o essencial é que você busque ajuda se sempre se sentir desmotivado.

Com isso esclarecido, vamos às dicas:

1- Mentalize os seus objetivos de longo prazo – quais são eles?

Quando você se sentir sem inspiração para estudar, comece a focalizar nos objetivos de longo prazo. Vale fechar os olhos, respirar fundo e se imaginar alcançando os seus sonhos:  a conclusão do curso, o diploma, um trabalho na área que você deseja, etc.

Isso irá lhe dar muito mais motivação para concluir pequenas tarefas no hoje, tendo em vista que o futuro lhe reserva bons resultados pelo seu esforço.

2- Foque em dividir esses mesmos objetivos em pequenos passos e traga o pensamento para o presente

Depois de mentalizar o seu objetivo maior, é hora de trazê-lo para mais perto de você. Comece a se questionar sobre o que pode ser feito hoje, para chegar lá, mais tarde.

Divida o seu sonho em etapas. As etapas podem ser: matérias, semestres, semanas, anos, meses, etc. O importante é você saber o que deve ser feito em cada etapa.

Depois disso, você deverá voltar o seu foco para o presente: assim você consegue trazer a sua atenção para a etapa que deve ser concluída hoje, ou seja, o livro que você deve ler, a aula que deve assistir, etc.

O hoje é só uma etapa para o seu sucesso.

3- Vá executando uma tarefa por vez; cada conclusão é uma vitória

Considerando o que apontamos acima, comece a executar uma tarefa por vez. Não caia no erro de ser um multitarefa, ok? Pois se você se sente sem inspiração para estudar, focar em mais de uma coisa ao mesmo tempo poderá piorar ainda mais a situação. Portanto, concentre-se em cada etapa e tenha paciência.

4- Estabeleça uma rotina de estudos que respeite os seus limites

Crie uma rotina de estudos que esteja de acordo com os seus limites. Lembra das etapas que mencionamos acima? Pois é, elas devem ser coerentes com a sua realidade.

Afinal, não adianta querer concluir a leitura de um livro de 300 páginas em uma semana, se você só tem tempo para ler, estudar e aprender, por dia, o que consta em 20 páginas. É injusto com você!

Concentre-se sempre em criar etapas plausíveis e coerentes com os prazos. Assim você poderá diminuir aqueles episódios em que se sente sem inspiração para estudar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.