Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.1/5 - (18 votes)

Novo auxílio de R$ 1.200: Saiba quem terá direito ao benefício

O novo abono vitalício de R$ 1,2 mil será destinado para mães solteiras.

Recentemente, a Comissão dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados aprovou uma proposta que prevê a criação de um auxílio permanente no valor R$ 1,2 mil, destinado às mulheres chefes de família monoparentais em situação de vulnerabilidade.

Veja também: Auxílio Emergencial: Nascidos em julho podem sacar 7ª parcela

O Projeto de Lei 2099/20, exige que as mulheres atendam os seguintes requisitos:

  • Não receber benefício previdenciário ou assistencial;
  • Ter idade igual ou superior a 18 anos;
  • Não possuir emprego formal;
  • Ter renda familiar mensal por pessoa de até 1/2 salário-mínimo; ou
  • Possuir renda familiar mensal total de até 3 salários mínimos.

Reajuste anual do benefício pela inflação

O texto do abono vitalício de R$ 1,2 mil para mães solteiras é de autoria do ex-deputado Assis Carvalho. Todavia, o projeto recebeu parecer favorável da relatora e deputada Erika Kokay, que defende a criação do benefício, inclusive diante a situação econômica do país.

De acordo com a parlamentar, “para as mulheres provedoras de famílias monoparentais, a situação é ainda mais dramática, pois, em muitos casos, não contam com o apoio por parte dos pais de seus filhos. E ainda assim devem sozinhas sustentar seus lares”, disse.

A deputada também anexou uma emenda à proposta, que determina o reajuste anual do benefício conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), responsável por medir a inflação.

Cabe salientar que atualmente o texto segue em caráter conclusivo na Câmara dos Deputados, devendo ser encaminhado posteriormente as respectivas casas responsáveis, que regularão a proposta e definirão a metodologia dos pagamentos.

Auxílio Brasil será pago ainda este mês

O novo programa Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família, a terá o pagamento iniciado no dia 17 de novembro. O presidente Jair Bolsonaro editou o decreto que regulamenta o novo benefício para os brasileiros, publicado na última segunda-feira (8) no Diário Oficial da União (DOU).

Com o fim do pagamento do Auxílio Emergencial, o governo deve dar início ao pagamento do Auxílio Brasil ainda no dia 17, que acompanhará o atual calendário do Bolsa Família.

Quem poderá receber?

De acordo com o Governo Federal, todos os brasileiros que eram beneficiários do Bolsa Família serão automaticamente transferidos para o Auxílio Brasil. Vale ressaltar que a realização de  um novo cadastro no CadÚnico não será necessária.

A exigência para receber o novo programa de transferência de renda do governo é estar inscrito no Cadastro Único de programas sociais do governo federal (CadÚnico) ou ter seus dados atualizados.

Até o momento, o que se sabe é que, inicialmente, o governo vai liberar o pagamento  do benefício para um total 14,6 milhões de famílias que já eram inscritas no Bolsa Família. No entanto, de acordo com informações do governo, a expectativa é ampliar esse número de beneficiários  para 17 milhões em dezembro.

4.1/5 - (18 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

9 Comentários
  1. Mônica Oliveira de Araújo Diz

    Eu recebia o auxílio emergêncial. Agora não recebo mais um centavo. Não consigo receber esse auxílio Brasil porque me bloquearam no bolsa família. O que tenho que fazer pra poder receber de novo. Tenho um neto que mora comigo desde que nasceu. Ele está comigo no cadastro único. Ele tem transtorno bipolar. Não consigo nem uma ajuda de medicações pra ele. Não sei mais o que fazer. Desempregada é sem receber mais esse bolsa família quanto mais esse auxílio Brasil. Me ajudem por favor

  2. Eliane Diz

    Eu peguei apenas 149 ISSO e uma vergonha meu bolsa família era de 180 agora pagaram 149 🙄

  3. Josiele Diz

    Boa noite, esse beneficio no valor de $400 é mentira, pois ninguem esta pegando esse valor. Tenho pessoas próximas que perderam emprego na pandemia e recebeu o valor de 201.
    Entao, onde esta o valor de $400?
    Nao adianta ficar só palavras porq com $200 reais ninguuem sobrevive!

  4. Nicole G Santos Diz

    Povo nunca ta satisfeito, 9 dedos dava $39 e o povo votava com gosto feliz kkkkkkkkkkk
    Deixa o cara fazer o trabalho dele se a mídia ta puta com ele é porque esta incomodando sinal de que está fazendo a coisa certa…

  5. Leandro Ferreira Pires Diz

    Isso é uma vergonha, sem palavras!!!

  6. Silvani Diz

    E pra os aposentados e pensionista nada de nada pagou nosso décimo terceiro adiantado agora fim de ano sem nada igual ano que vem ….parabéns Paulo Guedes por lembra que nós também existe 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏

  7. Obede Diz

    “Engana mamãe “.

  8. Miriam Marli Diz

    Isso é um convite para um tsunami de mãe solteiras, que farão questão de engravidarem no sistema de produção independente para terem direito ao auxílio, que pra mim também se constitui em uma apologia a vadiagem!!

  9. Iris Diz

    Ano de eleição e o pobre sendo iludido pra não perder o costume. Até parece que os governantes estão pensando em colocar isso em prática. As mães que lutem!!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.