Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Mesopotâmia: 5 fatos para você estudar

Os livros de história chamam a terra agora chamada de Iraque de “Mesopotâmia“. A palavra não se refere a um país antigo específico, mas a uma área que incluía várias nações mutantes no mundo antigo.

Mesopotâmia

Mesopotâmia significa a terra entre os rios. Um corpo de água de uma forma ou de outra é essencial para a vida, portanto, uma área com dois rios seria duplamente abençoada.

A área de cada lado desses rios era fértil, embora a área maior, geral, não fosse. Os antigos moradores desenvolveram técnicas de irrigação para aproveitar seu valor, mas um recurso natural muito limitado. Com o tempo, os métodos de irrigação mudaram a paisagem ribeirinha.

Localização dos 2 Rios

Os dois rios da Mesopotâmia são o Tigre e o Eufrates (Dijla e Furat, em árabe). O Eufrates está à esquerda (oeste) nos mapas e o Tigre é o que fica mais perto do Irã – a leste do Iraque moderno. Hoje, o Tigre e o Eufrates unem-se ao sul para desaguar no Golfo Pérsico.

Localização das principais cidades da Mesopotâmia

Bagdá fica perto do rio Tigre, no meio do Iraque.

Babilônia, a capital do antigo país mesopotâmico da Babilônia, foi construída ao longo do rio Eufrates.

Nippur, uma importante cidade babilônica dedicada ao deus Enlil, ficava a cerca de 160 quilômetros ao sul da Babilônia.

Os rios Tigre e Eufrates encontram-se um pouco ao norte da moderna cidade de Basra e deságuam no Golfo Pérsico.

Limites Terrestres do Iraque:

Total: 3.650 km

Países fronteiriços:

  • Irã 1.458 km,
  • Jordan 181 km
  • Kuwait 240 km
  • Arábia Saudita 814 km
  • Síria 605 km
  • Turquia 352 km

Invenção da Escrita

O uso mais antigo da linguagem escrita em nosso planeta começou onde hoje é o Iraque, muito antes do desenvolvimento das cidades urbanas da Mesopotâmia. Fichas de argila, grumos de argila moldada em diferentes formas, foram usadas para ajudar comércio talvez tão cedo como 7500 a.C. Por volta de 4000 a.C, as cidades urbanas haviam florescido e, como resultado, esses tokens tornaram-se muito mais variados e complexos.

Por volta de 3.200 a.C, o comércio se estendeu muito além das fronteiras políticas da Mesopotâmia, e os mesopotâmios começaram a colocar as fichas em bolsos de argila chamados bolhas e a lacrá-los, para que os destinatários pudessem ter certeza de que recebiam o que pediam.

Alguns dos mercadores e contadores pressionaram as formas simbólicas na camada externa das bolhas e, por fim, desenharam as formas com uma vara pontiaguda.

Os estudiosos chamam essa linguagem primitiva de protocuneiforme e é uma simbologia – a linguagem ainda não representava uma linguagem falada em particular, mas sim simples desenhos representando bens comerciais ou trabalho.

A escrita desenvolvida, chamada cuneiforme, foi inventada na Mesopotâmia por volta de 3000 a.C, para registrar a história dinástica e contar mitos e lendas.

Dinheiro da Mesopotâmia

Os mesopotâmicos usaram vários tipos de dinheiro – ou seja, um meio de troca usado para facilitar o comércio – começando no terceiro milênio a.C, data em que a Mesopotâmia já estava envolvida em uma extensa rede de comércio.

Do menos valioso para o mais, o dinheiro da antiga Mesopotâmia consistia em:

  • cevada,
  • chumbo (especialmente no norte da Mesopotâmia [Assíria]),
  • cobre ou bronze,
  • lata,
  • prata,
  • ouro.

A cevada e a prata eram as formas dominantes, usadas como denominadores comuns de valor. A cevada, no entanto, era difícil de transportar e variava mais em valor ao longo das distâncias e do tempo, por isso era usada principalmente para o comércio local. As taxas de juros dos empréstimos de cevada eram substancialmente mais altas do que as da prata: 33,3% contra 20%, de acordo com Hudson.

E então, gostou de conhecer mais sobre a Mesopotâmia?

Já temos um post que detalha mais sobre esse povo – Civilização Mesopotâmica: tudo que vai cair na sua prova!

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.