Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Enem: Contexto da Independência da América Espanhola 

O processo de Independência da América Espanhola ocorreu no mesmo período que a Independência do Brasil e foi um dos fatos mais importantes do continente. 

Esse tema, apesar de pouco disseminado, pode surgir nas provas de vestibulares de todo país, assim como no Enem

Entenda melhor para estudar.

Entenda o que foi a Independência da América Espanhola

Para quem já estudou ou está estudando história do Brasil, sabe que além dos portugueses os espanhóis também investiram nas grandes navegações. 

Ademais, ambos os países estão localizados na Península Ibérica e por isso tiveram um caminho semelhante em diversos períodos históricos, como por exemplo a União Ibérica e o Tratado de Tordesilhas que dividia a América Latina. 

A saber, a colonização imposta por portugueses e espanhóis acabou acarretando em diversos problemas para as duas nações. Desse modo, os povos nativos colonizados pela Espanha também passaram por processos terríveis como:

  • Dizimação dos nativos
  • Destruição das riquezas naturais 
  • Retirada de ouros e metais preciosos para continuidade do Mercantilismo 
  • Entre outros

Desse modo, a Independência da América Espanhola abrange a liberdade do povo latino da dominação do Estado espanhol. No entanto, ocorreu em diferentes etapas e em datas diferentes. 

Causas

O processo de colonização realizado pelos espanhóis foi extremamente violento. Na contramão do que aconteceu no Brasil, a Coroa Espanhola não teve vínculo algum com os povos colonizados. 

Por isso teve-se um enorme distanciamento entre os nativos e os espanhóis e uma opressão severa, corroborando para um clima ainda mais hostil. 

Por conta disso, houve o desencadeamento de uma gigantesca insatisfação pelos colonizados, devido a severa exploração. Ademais, podemos destacar outros fatores como:

  • Aparecimento das ideias iluministas na Europa
  • Independência dos EUA, foi a primeira de todo o continente 
  • Ideais da Revolução Francesa
  • Independência do Haiti
  • Todos os processos libertários e de independências que estavam acontecendo no mundo todo

Vale dizer que nesse mesmo período os europeus estavam completamente afetados pelo poder de Napoleão Bonaparte. 

Desse modo, várias nações, inclusive a Espanha foram afetados diretamente, assim como perderam poder pelos acontecimentos. Todos esse motivos corroboraram para o processo de Independência das Américas. 

Cronologia das Independências

O povo latino-americano começou a se libertar e por isso separamos o ano da independência de cada país. Veja!

  • Paraguai (1811)
  • Argentina (1816)
  • Chile (1818)
  • Venezuela (1819)
  • Colômbia (1819)
  • México (1821)
  • Equador (1822)
  • Peru (1824)
  • Bolívia (1825)
  • Uruguai (1825)

Dessa maneira, as libertações dos europeus foram acontecendo, nações como Guatemala, República Dominicana, entre outros foram conquistando suas independências. Por fim, o último povo a conseguir a independência foi o Panamá em 1903. 

Vale lembrar que o Brasil foi colonizado por portugueses e conquistou sua independência em 7 de setembro de 1822. 

Consequências

Logo após os processos de Independência da América Espanhola que mudou completamente o cenário. A fragmentação de territórios fizeram surgir novos territórios e nações. 

Ademais, outra consequência representativa foi a perda de poder da Espanha como potência mundial. Perder o controle das colônias teve um valor e peso incalculáveis. 

Por fim, a Espanha deixou de ter ser protagonista e possuir certo destaques entre países europeus durante esse período histórico. 

E então, gostou de conhecer mais sobre esse tema?

Não deixe de ler também – 4 filmes sobre a Independência dos Estados Unidos

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.