Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

História: O que é fascismo e 7 características principais

A ideologia fascista nasceu no início do século XX, mas perdura sob os holofotes da sociedade até hoje. Leia mais sobre o tema!

O fascismo ganhou destaque na Europa na primeira metade do século XX. Define-se como uma ideologia política, tendo ocasionado inúmeras movimentações na Europa à época.

Ainda hoje consiste em um assunto de extrema relevância por conta da ascensão de grupos fascistas no mundo todo.

Por isso e por ter marcado a história recente constantemente é cobrado em vestibulares e no ENEM. Geralmente é citado em questões relativas à Segunda Guerra Mundial. Dessa forma, entender mais sobre o assunto torna-se uma regra para os estudantes.

Acompanhe o artigo para entender um panorama geral.

O que é, de fato, o fascismo?

Consiste em uma ideologia política ultranacionalista e autoritária. Para ser empregado, contudo, precisa contar com determinadas características, como poder ditatorial, repressão da oposição por via da força e forte arregimentação da sociedade e da economia.

O fascismo nasceu na Itália entre 1920 e 1940 através de um regime político totalitário com viés autoritário, racial, violento e nacionalista.

Teve com principal líder Benito Mussolini que fazia parte do Partido Nacional Fascista. A ascensão do PNF na Itália se deu principalmente pelos graves problemas econômicos enfrentados pelo país em decorrência da Primeira Guerra Mundial.

A Itália enfrentava uma grande queda na produção industrial e agrícola, gerando desemprego e inflação. Nesse contexto, a saber, o povo italiano encontrava-se em um grande estado de frustração, fator preponderante para implementação da ideologia nacionalista de Mussolini.

Fascismo – Contexto

O continente europeu estava arrasado pela Primeira Guerra e uma forte crise econômica atingia em cheio as nações. O povo encontrava-se desanimado e sem expectativas futuras.

Neste contexto desanimador, começaram a surgir figuras de líderes com discursos inflamados, que prometiam resolver os problemas do povo. Isso foi a porta de entrada para ascensão do fascismo.

Em um momento crítico os italianos começaram a emitir papel-moeda para tentar frear o agravamento da crise. Mas, em contrapartida, ocorreu a piora de tal crise com a desvalorização da moeda e o crescimento da inflação.

O desemprego só aumentava e o país foi tomado por diversas manifestações, revoltas, greves, invasões de terras e fábricas. O clima era extremamente tenso e apreensivo.

Entre os principais medos fira em torno de imaginar que a Itália passaria pela mesma situação que a Rússia em 1917, quando a Revolução Russa acabou com a iniciativa privada nos meios de produção.

Em meio a esse caos político, social e econômico, a população passa a ficar com um grande temor da ameaça comunista. É aí que surge a figura de Benito Mussolini, ganhando força e popularidade e, além disso, recebendo apoio da burguesia para alavancar de vez sua ascensão.

Características principais

As provas de história de vestibulares e do ENEM normalmente perguntam sobre as características dos regimes políticos. No que se refere ao fascismo, há sete

Nacionalismo acentuado

No fascismo a nação é o mais importante acima de tudo. Não existe o indivíduo e sim a nação. Portanto, o nacionalismo acentuado, exagerado, levado até às últimas consequência vide a Segunda Guerra Mundial é uma de suas principais características.

Totalitarismo

O totalitarismo é outra característica marcante nesse regime. Ou seja, o Estado controla todos os setores. Com isso, atividades políticas, econômicas, educacionais, culturais, assim como a imprensa ficam a sob tutela do governo.

Partido único

Os fascistas são contra a democracia e defendem o uni partidarismo. Para eles deve haver um partido, assim como pessoas dispostas a fazer tudo pela nação.

Culto ao líder

O culto à personalidade do líder, tratado como o salvador da pátria pelo povo. Em certos momentos esse mesmo líder pode ser confundido com o próprio Estado e por isso chega ao status de “salvador”.

Anticomunismo

O discurso fascista impõe que não deve haver luta de classes e que ela atrapalha o crescimento e o progresso da nação. Por isso os comunistas são enxergados como uma ameaça.

Expansionismo

Para o regime é importante a conquista de novos territórios para obter fontes de matéria-prima, assim como a expansão de mercado. E para obter novas terras o Estado deve investir em um exército forte, moderno e disciplinado.

Militarismo

O militarismo é uma das principais características do fascismo. Através da organização militar, eles utilizam-se de violência e conflitos para conquistar seus objetivos.

E então, gostou mais de saber sobre o fascismo? Essa é somente uma base acerca do tema. Aprofunde-se sobre o tema, pois há grandes chances de cair em vestibulares e no ENEM.

Leia também outro artigo importante: 7 filmes para estudar a Segunda Guerra Mundial

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.