Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Benefícios do INSS terão seus valores reajustados em 2022

Isso porque, o valor dos abonos é calculado conforme o salário mínimo em vigência e considerando a correção da remuneração todos os anos, a autarquia concederá novas quantias aos seus segurados.

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) terão seus benefícios reajustados a partir de janeiro de 2022. Isso porque, o valor dos abonos é calculado conforme o salário mínimo em vigência e considerando a correção da remuneração todos os anos, a autarquia concederá novas quantias aos seus segurados.

Veja também: Teto do INSS para 2022 passa de R$ 7 mil; veja quem poderá

Benefícios como novo valor em 2022

O INSS terá o valor de seus benefícios definidos após a divulgação do resultado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) referente ao acumulo de 2021. O medidor é responsável por estipular a inflação do país.

Através da taxa o Governo Federal reajusta o valor do salário mínimo. Atualmente a indicação do marcador é de 10,96% considerando os últimos 12 meses. Logo, o piso nacional terá um valor aproximado de R$ 1.200.

Novo salário mínimo

De acordo com a última previsão divulgada pelo Ministério da Economia no Boletim Macrofiscal, a inflação será de 10,04%. Caso a estimativa seja confirmada, o salário mínimo passará de R$ 1.100 para R$ 1.210,44 em 2022.

Ao considerar essa projeção, não só o valor do benefício básico do INSS será alterado, mas também o seu teto. No próximo ano, o valor máximo que a autarquia pode conceder passará de R$ 6.433,57 para R$ 7,079,50.

Além dos abonos do INSS, o reajuste no piso nacional também impacta outros projetos e benefícios do Governo Federal, como o abono salarial do PIS/Pasep, o seguro desemprego, entre outros.

Calendário do INSS em 2022

Mesmo que o novo salário mínimo não sido definido ainda, o Instituto já divulgou o calendário oficial de pagamentos para 2022. O cronograma é divido em duas partes, cada uma destinada a um grupo específico.

Recebem a partir do dia 25 de janeiro os segurados que recebem apenas um salário mínimo como mensalidade. Os beneficiários que ganham um abono superior, receberão o benefício a partir do dia 1º de fevereiro.

Vale ressaltar que os pagamentos ocorrem segundo o dígito verificador (número que vem antes do traço) do benefício. Neste exemplo: 123.345.678-0, indica o final 8.

Prova de vida do INSS será aceita até o dia 31 de dezembro

Cidadãos aposentados ou pensionistas do Poder Executivo Federal que não fizeram a prova de vida entre os meses de janeiro de 2020 e setembro de 2021, precisam ficar atentos ao prazo para realizar o procedimento e não ter o benefício suspenso.

Segundo informações, a prova de vida deve ser realizada até o dia 31 de dezembro. A regra também vale para os cidadãos anistiados do âmbito político. Lembrando que o procedimento pode ser realizado presencialmente na instituição na qual o segurado recebe o benefício ou de modo virtual.

Vale lembrar que no último dia do ano só será possível fazer o processo digitalmente porque as agências bancárias estarão fechadas. Neste caso, vale ressaltar que a prova de vida digital está disponível apenas para os cidadãos com a biometria cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Posto isto, basta instalar o aplicativo GOV.BR no celular e realizar o cadastro por meio do reconhecimento facial. No que se refere ao comprovante da prova de vida e a consulta do benefício, podem ser verificados no aplicativo SouGOV.BR, criado exclusivamente para servidores ativos, aposentados e pensionistas da Administração Pública Federal.

5/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Eliseu Soares Dias Diz

    Boa tarde. Gostaria de saber, como será resolvido a questão dos recursos administrativos do INSS, que estão a mais de um ano sem respostas, pelo menos o meu está deste jeito. Quero pedir a esse conceituado meio de comunicação, que, quando possível, conseguir uma entrevista ao responsável pela pasta, para esclarecer e nos adiantar uma data neste ano, para a solução deste problema que está impactando negativamente na vida de várias famílias!!!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.