Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Saúde mental no universo corporativo

Cultivar a saúde mental no universo corporativo é obrigação de qualquer gestor e empresa. Afinal, nenhum negócio é capaz de se desenvolver se os colaboradores e envolvidos sentem-se desmotivados, cansados ou esgotados.

Por isso, buscar manter uma cultura que prioriza o bem-estar e a qualidade de vida é um passo imprescindível na hora de desenvolver qualquer empresa.

Quer saber como fazer isso? Veja algumas dicas no decorrer deste texto. 😉

Como cultivar a saúde mental no universo corporativo

A saúde mental no universo corporativo deve ser trabalhada diariamente, e de forma consistente. Isto é, não se trata de uma ação que deve acontecer a cada X meses, ou apenas uma vez por semana. O cuidado e o cultivo de uma mente saudável deve ser cotidiano, parte da rotina. Com isso em mente, veja algumas alternativas interessantes:

1- As emoções não devem ser negligenciadas

Muito se vê que é preciso “controlar as emoções” para não “extravasar” no trabalho. Embora essa ideia esteja correta em partes, precisamos pensar além.

As emoções devem sim ser bem gerenciadas, mas isso não é o mesmo que simplesmente negligenciá-las. É preciso criar uma cultura onde a equipe pode se sentir à vontade para falar sobre angústias e anseios diante de prazos, desafios e trabalhos.

Assim, à medida que as pessoas se sentem confortáveis para se abrir e discutir sobre as emoções e dúvidas, as chances de manter a saúde mental equilibrada aumentam.

2- É preciso respeitar os limites de cada colaborador

Cada pessoa possui limites próprios que dificilmente são ultrapassados. E quando são isso acontece de forma gradativa.

Com esse ponto em mente, considere que cada colaborador tem limites pessoais que podem pôr o trabalho em xeque. Portanto, saiba quais são esses limites e dê todo o suporte para que ele possa ultrapassá-lo de forma tranquila e serena.

  • Exemplo: Um colaborador é muito tímido no trabalho? Não mande-o simplesmente fazer um discurso para uma sala cheia de pessoas. Isso é tortura!

3- Reconheça as habilidades de cada um e use isso ao favor da equipe

Do mesmo modo que é preciso saber quais são os limites dos colaboradores, é essencial que você saiba reconhecer as habilidades de cada um. Isso vai lhe ajudar na hora de delegar tarefas, de acordo com os pontos fortes de cada colaborador.

Essa ação melhora a qualidade de vida do funcionário e faz com que ele se sinta muito mais ativo, importante e reconhecido dentro da empresa.

4- Tenha espaços para descontração e momentos de descanso

Momentos de descontração e descanso também são importantes. Ninguém é ativo e produtivo o tempo todo. E tudo bem!

O importante é saber quebrar o padrão e a rotina de vez em quando, para assim gerar mais bem-estar e criar uma atmosfera mais feliz e descontraída no ambiente de trabalho. Esses espaços são fundamentais para garantir a saúde mental no universo corporativo.

5- O reconhecimento da equipe deve acontecer de maneira recorrente

Busque sempre praticar o reconhecimento da equipe. Muitas vezes, a desmotivação e a improdutividade estão associadas à falta de reconhecimento. Saiba agradecer e enaltecer os pontos fortes de cada um. Isso fará toda a diferença na saúde mental no universo corporativo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.