Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

REVELADO os principais tipos de fraudes no Auxílio Emergencial. Veja lista

A Controladoria Geral da União (CGU) listou nesta semana os principais tipos de fraudes no Auxílio Emergencial do Governo Federal em 2020. A lista mostra os golpes que mais conseguiram tirar quantias da União de forma indevida naqueles primeiros repasses.

De acordo com a CGU, o tipo de fraude que mais tirou dinheiro do Governo foi o de trabalhadores formais que tinham carteira assinada e mesmo assim receberam o Auxílio. Essas pessoas tiraram R$ 4 bilhões dos cofres públicos de maneira indevida. O benefício proíbe os pagamentos para esses trabalhadores.

Cerca de R$ 2 bilhões foram para pessoas que tinham uma renda per capita maior do que as regras exigiam. Vale lembrar que o Auxílio vai para brasileiros que tenham um ganho mensal menor do que o limite de R$ 178. Isso quando se divide os ganhos de toda a família pela quantidade de indivíduos que moram na mesma casa.

Ainda de acordo com a CGU, cerca de R$ 1,2 bilhão acabaram indo para o bolso de servidores públicos. E aqui se considera pessoas de todas as esferas. Seja ela portanto estadual, federal ou municipal. Esses trabalhadores também não poderiam ter recebido esse benefício.

Por fim, a CGU lista R$ 139,6 milhões indo para usuários mortos. Obviamente não foram eles que cometeram a fraude. No entanto, alguém próximo pegou os dados dessa pessoa e ficou recebendo o Auxílio em seu lugar. Isso também é portanto um crime.

Fraudes no benefício

Ao todo, a CGU acredita que o Governo tenha pago cerca de R$ 10 bilhões de maneira indevida no benefício emergencial entre os meses de abril e dezembro do ano passado. Isso representaria algo em torno de 4,6% de todo o montante de pagamentos de 2020.

No entanto, há quem questione esse dado da Controladoria. No último mês de fevereiro, por exemplo, o Tribunal de Contas da União (TCU) afirmou que esse montante é bem maior. Pelas contas deles, o Governo pagou cerca de R$ 54,6 bilhões em pagamentos indevidos em 2020.

Mesmo diante dessa diferença de projeções, o Governo Federal decidiu apertar o cerco nos pagamentos do Auxílio Emergencial neste ano. Agora, eles estão aumentando o nível de segurança para evitar ao máximo que essas fraudes consigam pegar mais dinheiro da União.

Auxílio Emergencial

Este ano, o Auxílio Emergencial está pagando quatro parcelas de valores que variam entre R$ 150 e R$ 375. Diferente do ano passado, quando o Governo tinha R$ 215 bilhões para gastar com os pagamentos, agora eles possuem apenas R$ 44 bilhões em caixa para esses repasses.

Isso quer dizer portanto que a margem de erro deles está bem menor. É justamente por isso que eles decidiram fazer uma espécie de pente fino em todas as 39,1 milhões de contas sempre depois do pagamento de uma parcela. A ideia é portanto tirar quem não está precisando mais do programa.

De acordo com informações de membros do Palácio do Planalto, o novo Auxílio Emergencial deverá passar por uma prorrogação. A tendência, aliás, é que sejam mais três meses de pagamentos para além dos atuais quatro. O que não deve mudar, no entanto, é a preocupação com as fraudes do benefício.

5 Comentários
  1. Lucianna nayara Caetano de moraes rodrigues Diz

    Eu to achando um absurdo pois sou mãe chef de familia e foi bloq mha parcela.. Sem nenhum direito a contestar pois colocaram la q o meu motivo d bloq n pode ser contestado um absurdo pois n tenho nenhuma renda n tem nda pra que eu possa ser bloq ..

  2. Regina Martins de Jesus Diz

    Gostaria de saber se eu tenho direito no PIS ele é de 1974

  3. Simone Maria de Matos Diz

    Eu recebi o ano passado mas esse ano não recebi pois tenho filhos e não fui selecionado não sei porque

  4. Rosicleia Cordeiro Santos Diz

    Com tantos auxílio indevido deram até mortos receberam e agora bloqueiam das mãe chefes isso é inadmissível é muita incompetência.indignada

  5. Gecivana Veríssimo de Sousa Diz

    Tomara que meu alxilou venha mais doque 150. Pq eu preciso muito dessa ajuda moro de aluquel pra ajudar paga águas e Luiz eu tenho sisti no orvario passo muito mal não tenho condições de conpra remédios 150 não da pra conpra todos meus remédios queu preziso conprar. So Deus pra ter misericórdia de mim

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.