Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Poupança Viabilizada Por Meio de Mudanças em Seus Hábitos de Rotina

A poupança e o seu planejamento financeiro pessoal – O quanto você pode mudar seus hábitos de rotina?

É possível direcionar uma poupança através de um planejamento financeiro pessoal. Além disso, o planejamento financeiro também possibilita que trocas inteligentes sejam feitas, gerando economia em longo prazo.

Primeiramente, para que você possa direcionar assertivamente a sua poupança, é necessário que você tenha clareza sobre a sua situação financeira atual. Sendo assim, faça um mapeamento de suas finanças.

Mapeamento de sua situação financeira atual é fundamental nesse processo

Tal mapeamento pode ser feito de uma forma simples, basta você separar o que é custo fixo do que é custo variável para que você tenha maior assertividade para elaborar possíveis ações.

 Sendo assim, verifique quais são as suas contas de consumo que são seus custos fixos. Geralmente, são contas referentes ao fornecimento de água, energia elétrica, internet, telefone etc. 

Separe seus custos fixos de seus custos variáveis 

Por conseguinte, todos os demais, de forma sucinta, são seus custos variáveis e são eles que podem ser modificados, gerando economia, ainda que seja um resultado obtido em longo prazo.

Sendo assim, verifique o quanto você realmente ganha e o quanto realmente gasta impreterivelmente, referente aos seus custos fixos para que possa direcionar valores para uma poupança

Trocas econômicas e hábitos saudáveis financeiramente  

Bem como, verifique quais são as trocas que você pode fazer. Por exemplo, é possível trocar uma conta bancária tarifada por uma conta bancária em uma fintech, que oferece uma conta corrente isenta de tarifas. Ou ainda, você pode trocar o cartão de crédito pago por um cartão de crédito sem anuidade.

 Além disso, é possível que você cancele a TV a cabo e assine um streaming, por exemplo. Ou seja, são pequenos pontos que podem gerar economias que parecem irrelevantes, porém, esses valores podem ser direcionados para uma poupança.

Alimente o hábito da poupança e direcione suas metas pessoais

Haja vista que é importante que você veja a poupança como um hábito. Posteriormente, conforme o seu planejamento fluir você poderá adicionar valores fixos e cada vez mais elevados.

Métodos eficientes podem ajudar nessa objetividade

Já falamos sobre alguns planejamentos específicos para a poupança, como a metodologia do pote e um planejamento simplificado. Você pode clicar nos destaques para conferir essas sugestões.

O importante é que você modifique seus hábitos para que possa alcançar seus objetivos em longo prazo e melhorar a sua relação com o dinheiro de forma orgânica.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.