Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Poupança: faça um planejamento financeiro flexível e objetivo

É possível viabilizar uma poupança de forma resiliente e analítica através de um planejamento financeiro positivo e flexível. Veja dicas!

É possível viabilizar uma poupança de forma resiliente e analítica através de um planejamento financeiro positivo e flexível.

Poupança: faça um planejamento financeiro flexível e objetivo

É comum que muitas pessoas abdiquem da poupança quando não estão em uma situação positiva financeiramente. Contudo, é importante que não abdique de controlar suas finanças, já que ao deixar de controlar suas finanças, deixa de controlar algo que já está acontecendo na sua rotina.

Crie um processo flexível e planejado

A poupança pode ser parte de um processo flexível dentro de suas finanças pessoais e não o único objetivo de um planejamento. Por isso, é importante adotar a poupança como um conceito de hábito de compra e consumo.

Separe seus custos e flexibilize suas metas

Para realizar um planejamento financeiro flexível, separe os seus custos entre fixos e variáveis, de modo que obtenha clareza sobre quais são as possíveis mudanças na sua rotina.

É possível modificar pequenos fluxos financeiros para que gere economia sem abdicar de serviços importantes. Por exemplo, ao trocar o seu cartão de crédito atual por uma opção isenta de tarifas, terá economia doméstica sem precisar cancelar o cartão.

Dessa forma, basta direcionar o valor economizado para a sua poupança, alimentando um fluxo positivo dentro do seu planejamento financeiro flexível. Certamente, irá economizar valores baixos. No entanto, é de grande valia que direcione todos os valores economizados para a sua poupança.

Visualize o seu processo de forma tangível

Dessa forma, estará visualizando de forma tangível a sua mudança; o que será muito importante para que construa uma relação positiva com suas finanças. Posteriormente, é relevante que modifique suas metas, de modo que possa direcionar valores fixos para a poupança.

Além disso, a poupança pode não ser a única opção no que tange aos investimentos; já que é possível que conheça o mercado de investimentos e conheça outras opções de renda fixa.

Poupe todos os valores economizados

O mais importante é que a poupança seja um conceito dentro dos seus hábitos de compra e consumo, de modo que guarde todos os valores economizados para que visualize o seu processo e modifique pontos financeiramente nocivos.

Faça adaptações dos pontos citados 

Contudo, é importante que tenha paciência com o seu processo. Pois é possível obter sucesso, ainda que o seu fluxo financeiro ocorra de modo não linear. Sendo assim, adapte os pontos citados e direcione suas finanças de forma flexível, orgânica e planejada.

5/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.