Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Poupança: a viabilização da reserva de emergência

Através da poupança é possível viabilizar uma reserva de emergência com foco em novos hábitos. Confira nossas dicas!

A poupança é uma necessidade diária de milhares de brasileiros, no entanto, para algumas famílias, infelizmente deixou de ser um hábito. Muitas pessoas perderam suas fontes de renda nos últimos dois anos,  considerando a pandemia causada pelo novo coronavírus e a crise financeira agravada.

Poupança: a viabilização da reserva de emergência

Segundo uma pesquisa recente realizada pela empresa SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), mais de 60% das pessoas que se encontram em situação de inadimplência atualmente, perderam suas fontes de renda recentemente.

Assim sendo, quando entrevistadas, muitas dessas pessoas relataram um arrependimento, em algum grau, pela ausência de uma reserva de emergência, ainda que o valor reservado fosse baixo.

Fatores externos não controlados

 A reserva de emergência é um ponto relevante para que você consiga lidar com fatores externos não controlados. Por isso, ela pode ser feita por meio da elaboração assertiva de uma poupança.

 No entanto, se a sua situação financeira estiver negativa, pode ser difícil direcionar valores para uma poupança constantemente e de maneira fixa. Entretanto, você pode flexibilizar a sua própria situação para que consiga elaborar um planejamento financeiro.

Clareza sobre a situação atual

Para isso, é importante que você tenha clareza sobre sua situação financeira atual, de modo que você consiga direcionar o seu fluxo financeiro para que possa saber exatamente para onde está indo o seu dinheiro.

Sendo assim, faça um controle através de ferramentas de gestão ou aplicativos. Dessa maneira, você irá controlar suas finanças dentro da sua rotina e verificar quais hábitos podem ser modificados.

Isso porque um planejamento financeiro que objetiva uma poupança para quem se encontra em uma situação financeira desfavorável, deve ser feito com foco em seus hábitos. Pois, posteriormente, conforme as suas finanças melhorarem, você poderá direcionar valores elevados para a sua poupança. Entretanto, ao modificar seus hábitos financeiros, você irá modificar a sua relação com seu dinheiro, e isso será de grande valia para o seu futuro.

Trocas viáveis financeiramente

Sendo assim, faça trocas pertinentes aos seus hábitos de rotina. Por exemplo, você pode trocar um cartão de crédito tarifado, por uma opção de cartão de crédito isento de anuidade. Visto que são diversas as fintechs que oferecem excelentes produtos bancários com isenção de tarifas.

Dessa forma, você deve direcionar os valores economizados para a sua poupança, bem como, os valores referentes a possíveis compras das quais você desistiu, e outros aspectos que gerem economia; todos esses valores devem  ser direcionados para a sua poupança.

Foque em novos hábitos

Pois, ainda que sejam valores irrisórios, você estará alimentando um hábito que será muito positivo. Dessa forma, você obterá uma reserva de emergência, ainda que não seja o valor recomendado pelos especialistas. 

Visto que os especialistas, de forma geral, recomendam que  as pessoas reservem para situações imprevistas o valor equivalente a 6 vezes a sua renda mensal. No entanto, esse pode ser um dos seus objetivos dentro do seu planejamento financeiro.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.