Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

IFMT divulga 2ª chamada do Vestibular 2022/2

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT) publicou a lista de aprovados na 2ª chamada do Vestibular 2022/2. Os participantes já podem consultar a nova lista de classificação por meio do site do IFMT.

De acordo com o Instituto, os candidatos convocados nesta 2ª chamada deverão realizar os procedimentos de matrícula até o dia 28 de julho. As matrículas devem ser feitas virtualmente e contarão com as seguintes etapas:

  1. envio dos documentos para o endereço eletrônico do campus a qual pleiteou a vaga e foi aprovado;

  2. análise, pelo setor de registro escolar, da documentação encaminhada;

  3. conferência com documentos originais após retorno das atividades presenciais nos campi do IFMT.

Conforme divulgado pelo Instituto, cada campus possui sua forma própria de recebimento dos documentos (via e-mail ou via formulário eletrônico). Desse modo, os candidatos devem conferir o método utilizado pelo campus para o qual foi aprovado.

Caso haja vagas remanescentes, o IFMT poderá realiza novas chamadas nos dias 29 de julho e 4 de agosto.

Como foi o Vestibular 2022/2

A classificação dos inscritos no Vestibular 2022/2 do IFMT foi feita exclusivamente a partir das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). De acordo com o edital, os candidatos puderam se inscrever com as notas das edições do exame ocorridas entre os anos de 2010 e 2021.

A oferta total do IFMT é de 510 vagas em diversos cursos de graduação dos campi de Alta Floresta, Campo Novo do Parecis, Cuiabá (Bela Vista, Cuiabá, Octayde Jorge da Silva) e Várzea Grande.

Do total das vagas ofertadas no Vestibular 2022/2, 62% estão reservas para estudantes cotistas, sendo 2% para pessoas com deficiência (PcD) e 60% para candidatos que fizeram todo o ensino médio em escolas públicas, de acordo com o estabelecido na Lei de Cotas (Lei 12.711, de 2012).

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Leia também Unifesp recebe pedidos de isenção de taxa do Vestibular Misto 2023; saiba mais.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.