Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Segunda Guerra Mundial: 10 fatos que podem ser cobrados no ENEM

Sempre retratada na parte de história do ENEM, a Segunda Guerra Mundial e seus fragmentos podem servir como base para argumentação na redação

Depois de elencarmos os principais temas sobre a Primeira Guerra Mundial que podem cair no ENEM, vamos abordar os fatos mais importantes que precisam ser estudados sobre a segunda grande guerra.

É, talvez, a guerra mais retratada nos vestibulares e no Exame Nacional do Ensino Médio, por ser a de maior proporção da história recente do mundo. Difícil não ser lembrada também por toda a destruição territorial e patrimonial, os discursos de ódio, ataques a minorias, as milhões de mortes e todo o terror causado, sobretudo no Holocausto.

A partir desse evento global ocorreram diversas mudanças na política, economia, ciência, educação, segurança, saúde e na sociedade de modo geral.

Sempre retratada na parte de história do ENEM, a Segunda Guerra Mundial e seus fragmentos podem servir como base para argumentação na redação.

Selecionamos 10 questões que você deve estudar para se dar bem na avaliação.

1 – Alemanha e o ódio ao Tratado de Versalhes

Com o fim da Primeira Guerra, em 1919, foi assinado o tratado de Versalhes na França, que exigia que a Alemanha assumisse total responsabilidade pela guerra.

Nessa época, a Alemanha encontrava-se afundada numa crise econômica, política e social, e com todas as exigências do tratado não resistiu e literalmente “quebrou”.

2 – Ascensão de Hitler

Com o povo alemão insatisfeito e revoltado com o Tratado de Versalhes, foi possível a ascensão de Adolf Hitler. O austríaco tinha como plano unir todo o povo germânico no “Grande Reich”. Esse planejamento já estava todo descrito em seu livro “Minha Luta”.

3 – O começo do Caos

Os alemães (já liderados por Hitler) e os italianos (liderados por Benito Mussolini) começam a se rebelar:

  • Em 1934, a Alemanha volta a se rearmar (Desrespeitando o Tratado de Versalhes)
  • Em 1935, Mussolini (líder fascista italiano) invade a Etiópia e deixa a Liga das Nações
  • Em 1938, a Alemanha invade a Áustria e a Checoslováquia
  • Em setembro de 1938, Hitler invade a Polônia. Era o começo da Segunda Guerra Mundial.

4 – Aliados x Eixo

Com a invasão alemã à Polônia, Grã-Bretanha e França declaram guerra à Alemanha. Podemos dividir as alianças da Segunda Guerra Mundial entre Aliados e o Eixo.

  • Aliados – Grã-Bretanha, França, URSS, EUA
  • Eixo – Alemanha, Itália e Japão

5 – Início avassalador do Eixo

Em 1940, a Alemanha invadiu a Dinamarca, Noruega, Holanda, Bélgica e a França. Essa expansão rápida foi devido à tática de guerra conhecida como Blitzkrieg.

6 – A entrada dos EUA e URSS na Guerra

Em Junho de 1941, a Alemanha Nazista invade a URSS e os japoneses atacam a base americana de Pearl Harbor. Com isso, URSS e EUA entram na guerra.

7 – O começo do fim

Com a entrada das superpotências na Segunda Guerra Mundial, o jogo começa a virar e isso fica claro em 1942, na Batalha de Stalingrado, quando os soviéticos venceram os nazistas.

Outra acontecimento importante foi o famoso “Dia D”, em 1944, quando as tropas Aliadas chegam à Normandia, libertando a França. E por fim, em maio de 1945 as tropas Aliadas chegam à Alemanha.

8 – Participação do Brasil

A FEB (Força Expedicionária Brasileira) enviou 25 mil soldados para lutar para a Itália ao lado das Tropas Aliadas.

O Brasil foi o único país da América latina a enviar tropas para combater na Segunda Guerra Mundial.

9 – O fim da Segunda Guerra Mundial

Com a Alemanha e a Itália derrotadas, restaram os japoneses, que resistiam ao fim da guerra.

Os EUA explodem duas bombas atômicas no Japão, em Hiroshima e em Nagasaki. Com isso, o imperador japonês Hirohito rende-se e põe fim à Segunda Guerra mundial.

10 – Consequências da Segunda Guerra Mundial

Estima-se que ao menos de 50 a 80 milhões de pessoas morreram. Seis milhões de judeus executados em decorrência do Holocausto.

Em 1947, o professor sueco Karl Gunnar calculou os danos materiais entre 100 e 200 bilhões de dólares. Recentemente, dois historiadores alemães trouxeram a conta para números atuais, estimados em 7,5 trilhões de euros.


A partir desses 10 fatos você pode ter uma boa base sobre a Segunda Guerra Mundial. Reforce seus conhecimentos para conquistar uma boa nota no ENEM!

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.