Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

História: Três conflitos brasileiros cobrados em vestibular e ENEM

Conheça alguns dos eventos mais marcantes da história brasileira para se preparar para as provas

O solo brasileiro já foi palco de diversos conflitos marcantes para a História. Muitos deles são constantemente cobrados em vestibulares, ENEM e demais avaliações. Portanto, não podem ficar de fora dos seus estudos.

O que acha de conhecer algumas dessas batalhas importantes? Acompanhe a seguir.

Guerra de Canudos (1896 – 1897)

A Guerra de Canudos ocorreu no sertão da Bahia, entre 1896 e 1897. Houve várias batalhas entre um grupo liderado pelo religioso Antônio Conselheiro e tropas do governo brasileiro.

Os moradores de Canudos iniciaram uma tentativa de revolução contra o governo rebelando-se contra a cobrança de impostos e queimando documentos emitidos pelo governo.

E com isso o povoado passou a ser enxergado pelo governo como traidor e que necessitava ser extinto. Houve resistência do povoado, que conseguiu a vitória depois de três investidas das tropas do governo.

No entanto, na quarta expedição, as tropas federais saem vitoriosas do conflito, acabando com o povoado de Canudos e deixando milhares de mortos, inclusive o líder Antônio Conselheiro.

Guerra dos Farrapos (1835 – 1845)

A Guerra dos Farrapos ou Revolução Farroupilha foi iniciada por um movimento separatista. Ocorreu na província de São Pedro no Rio Grande do Sul, entre 1835 a 1845.

O movimento farroupilha foi criado após o descontentamento com o governo imperial brasileiro. Eles queriam maior autonomia nas províncias e tinham imensa insatisfação com a cobrança de altos impostos.

Com isso, em 1935, os revolucionários liderados por Bento Gonçalves tomaram a cidade de Porto Alegre. Porém, no mesmo ano Bento Gonçalves é preso por tropas do império.

O período é marcado por intensos conflitos e em 1936 é proclamada a República Rio-Grandense. Mesmo preso, Bento Gonçalves é declarado presidente.

Em 1937, Bento Gonçalves consegue fugir da prisão e em 1839 o exército farroupilha proclama a República de Juliana na região de Santa Catarina.

Já em 1845, os farroupilhas enfraquecidos após anos de conflitos aceitam o fim da guerra e a República Rio Grandense volta a pertencer ao Império Brasileiro.

Inconfidência Mineira (1789 e 1792)

A Inconfidência Mineira, que também é conhecida como Conjuração Mineira, foi um movimento separatista na então Capitania de Minas Gerais, entre 1789 e 1792.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Tinha como principal objetivo obter independência em relação à Coroa Portuguesa, principalmente pelos os altos impostos cobrados. O grupo tinha como ideal a liberdade e a implantação de uma república em solo brasileiro.

Os então inconfidentes começaram a se rebelar. O grupo era liderado principalmente por padres, mineradores, literatos, poetas, entre outros. Porém, o grupo foi traído e denunciado por Joaquim Silvério em troca do perdão de dívidas à Coroa Portuguesa.

Com isso vários dos seus integrantes foram presos em 1972, dia da Derrama, incluindo Joaquim José da Silva Xavier, o “Tiradentes” que teve como sentença o enforcamento em praça pública, tornando-se um dos símbolos do movimento.

Temos um post completo sobre o tema para você ler e aprender – Tiradentes: Por que você precisa conhecê-lo para o ENEM

E então, você já conhecia algum desses três conflitos / eventos históricos brasileiros?

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?