Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Coronavírus pode não ter surgido em Wuhan, dizem especialistas da OMS

Nesta terça (09), membros da missão da OMS (Organização Mundial de Saúde) que investiga a origem do coronavírus disseram que o vírus pode ter circulado em outro lugar antes de ser detectado pela primeira vez em Wuhan. As declarações foram dadas durante a primeira coletiva de imprensa sobre a missão.

A equipe da OMS chegou à China em 14 de janeiro e, após duas semanas de isolamento, visitou locais que teoricamente poderiam estar conectados com a origem do novo coronavírus. Entre eles, estavam o Instituto de Virologia de Wuhan e o mercado de frutos do mar de Huang. Além disso, os animais do mercado foram testados e não foram encontrados resultados positivos para Covid-19.

Os especialistas da OMS também descartam que a origem do coronavírus tenha sido um acidente de laboratório, essa hipótese é considerada “extremamente improvável”, de acordo com Peter Ben Embarek, líder da missão da OMS na China. Isso porque o vírus não estava sendo estudado na China antes dos primeiros casos de infecção por Sars-Cov-2 serem registrados.

Outra teoria descartada é a de que o mercado de frutos do mar de Huanan, local ligado aos primeiros casos de Covid-19 detectados na cidade de Wuhan. Pesquisas mostraram a presença do Sars-Cov-2 em outros mercados e pessoas sem conexão com o mercado de peixes.

A chefe da equipe chinesa da OMS disse que não há evidências de que o novo coronavírus tenha circulado em Wuhan antes de dezembro de 2019, quando os primeiros casos foram detectados. Isso leva a crer que o vírus pode ter surgido em outro lugar antes das autoridades chinesas o identificarem.

“Não há indicação da transmissão do Sars-Cov-2 na população do período anterior a dezembro de 2019”, disse Liang Wannian, chefe da equipe da China.

Quatro hipóteses sobre a origem do novo coronavírus

Durante a investigação em Wuhan, a equipe da OMS trabalhou com quatro hipóteses sobre o surgimento do Sars-Cov-2.

  1. Transmissão direta entre espécies, com o vírus partindo de um animal para o homem.
  2. Introdução através de um hospedeiro intermediário, que abrigou o vírus por um tempo e sofreu mutações até ser capaz de infectar humanos.
  3. Contaminação por meio da cadeia de transporte de alimentos congelados — hipótese defendida pelas autoridades chinesas.
  4. Acidente de laboratório de onde o vírus teria vazado antes de contaminar a população. Essa hipótese foi descartada e classificada como “extremamente improvável”.

Na semana passada, um dos membros da equipe da OMS, o especialista em doenças infecciosas Dominic Dwyer, disse a investigação sobre a origem da pandemia de Covid-19 pode levar anos.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.