Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Como trabalhar a autoconfiança em sala de aula?

Para trabalhar a autoconfiança em sala de aula é necessário lançar um olhar muito mais sensível às emoções e ações das crianças. Isso porque dessa forma você conseguirá manejar melhor algumas questões cotidianas, ajudando os pequenos a compreenderem os seus pontos fortes e fracos.

Para isso, diversas atitudes podem fazer parte da rotina escolar. A seguir, destacamos algumas delas. Acompanhe.

Como trabalhar a autoconfiança em sala de aula?

Existem inúmeras formas de trabalhar a autoconfiança em sala de aula. O mais importante, em todas essas maneiras, é respeitar o tempo e as emoções de cada criança.

Não queria forçar uma autoconfiança que, na verdade, seja um narcisismo mascarado. Mas sim, dê chance para que a criança reconheça que possui forças e fraquezas, como qualquer ser humano.

Dessa maneira você estará ajudando os pequenos a viabilizarem um futuro muito mais saudável para si. Veja, portanto, quais ações podem ser interessantes nesse sentido:

1- Diga para a criança não se comparar com as outras

Quando perceber que a criança está desmotivada porque o coleguinha acabou uma atividade primeiro, converse com ela. Dê a entender que cada um possui um tempo único, e que é isso que nos torna especiais!

Além disso, você, enquanto educador, jamais deve comparar os seus alunos. Mesmo que não seja na frente deles.

Se for para pensar em um comparativo, use a própria criança de parâmetro. Exemplo: questionando “Você deu o seu melhor nisso?”

2- Demonstre orgulho ao ver as pequenas realizações dos alunos

Cada pequena realização deve ser vista como uma vitória. Jamais diminua um ganho de alguém só porque para você aquilo não era uma batalha. Saiba reconhecer todas as superações e realizações dos seus alunos, e demonstre um orgulho genuíno frente a isso.

Você pode não acreditar, mas os professores têm um poder imenso na vida de uma criança. Às vezes, uma palavra de encorajamento e de parabenização caminhará o resto da vida na mente dos seus alunos. Portanto, pense nisso!

3- Estimule as mais diversas habilidades

Dê chances para que os seus alunos explorem diversas habilidades no dia a dia escolar. Ou seja, na hora de trabalhar a autoconfiança em sala de aula, dê espaço para que os pequenos dancem, cantem, atuem, brinquem, enfim!

Quanto mais atividades você disponibilizar, o seu aluno terá mais chances de encontrar uma habilidade adormecida dentro de si. E isso poderá ser aflorado e servir de alicerce na hora de desenvolver a autoconfiança.

4- Converse sobre os erros que acontecem e podem acontecer

Quando uma criança cometer um erro em alguma tarefa, não use isso como uma força punitiva. Pelo contrário! Use o momento como uma espécie de ensinamento para o seu aluno. Aponte quais foram os erros e ajude-o a pensar nos outros caminhos que poderiam ser seguidos.

Além disso, procure deixar claro que todas as pessoas erram, mas que devemos aprender com os nossos erros, e não insistir neles. Isso certamente irá lhe ajudar a trabalhar a autoconfiança em sala de aula. 😉

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.