Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Quanto tempo o cérebro consegue ficar concentrado?

Você já se questionou quanto tempo o cérebro consegue ficar concentrado? Já fez algum tipo de teste na sua rotina? Se ainda não, então chegou o momento de refletir sobre isso conosco!

Para tanto, sugerimos que você acompanhe este conteúdo até o fim e, caso faça sentido para você, deixe um comentário para nós. 😉

Vamos lá!

Quanto tempo o cérebro consegue ficar concentrado?

Abaixo nós trouxemos algumas possíveis respostas para quanto tempo o cérebro consegue ficar concentrado. Vale ressaltar que trouxemos apontamentos de diversos especialistas, e nosso intuito não é trazer um consenso universal, mas sim, refletir sobre o assunto. Vamos lá?

O foco absoluto é de até 18 minutos, segundo especialistas

Segundo especialistas, o foco absoluto do nosso cérebro é de 18 minutos. Passado este período, podemos ainda prestar atenção no que está sendo dito e passado, mas, não da mesma forma que nos primeiros minutos.

À medida que o tempo passa, esse foco pode diminuir mais, ainda que você se sinta concentrado no que está fazendo. É algo natural.

Por isso, inclusive, que os TED costumam acontecer em palestras de 18 minutos.

45 minutos pode ser interessante

Você já parou para pensar no porquê as aulas nas escolas possuem 45 minutos? Pois bem, alguns especialistas garantem que esse é o tempo necessário para transmitir conhecimentos antes de o cérebro ficar saturado.

Por isso no fim das aulas as crianças costumam estar mais agitadas e dispersas:  o cérebro pode estar saturado do conteúdo e precisa de uma “quebra de padrão” para voltar à sua atenção. Ou seja, uma breve pausa (passando de uma aula para outra).

Especialistas apontam que o cérebro mantém o foco por 1 hora

Há, também, especialistas que garantem que a resposta para quanto tempo o cérebro consegue ficar concentrado é de uma hora. Aqui, talvez, há uma breve variação entre os 45 ou 60 minutos, que poderá sofrer alterações de pessoa para pessoa.

Outros estudos falam sobre 1 hora e meia de foco

Outros estudos também trazem à luz a ideia de que o cérebro consegue se focar em algo por até 90 minutos.

Pode ser que o foco não seja exatamente o mesmo que temos nos primeiros 18 minutos, ou nos primeiros 45. Mas o fato é que este estudo transmite a ideia de que 1 hora e meia pode ser uma boa pedida de concentração nos estudos ou no trabalho.

Porém, vale um adendo: é interessante considerar a complexidade da tarefa que está sendo executada, é claro. Afinal, algo mais complicado pode cansar a nossa mente de uma maneira mais rápida, concorda? E talvez para esses casos os 18 ou 45 minutos são os mais recomendados.

Entenda o seu tempo de saturação e respeite-o

É importante compreender que a resposta para “quanto tempo o cérebro consegue ficar concentrado” não é algo engessado e igual para todos. Afinal, dependendo do conteúdo, da idade, da saúde mental e da capacidade cognitiva de uma pessoa, esse tempo pode sofrer algumas variações.

Portanto, faça o teste! Experimente estudar por determinado tempo ininterruptamente, depois, experimente fazer pausa a cada 18 minutos, ou 45… Até descobrir o melhor tempo de saturação para você e assim impulsionar ainda mais os seus estudos.

Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.