Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Como apoiar famílias e alunos em tempos de pandemia?

Apoiar famílias e alunos em tempos de pandemia não é a tarefa mais fácil e prática. Tanto as escolas, quanto as famílias, podem estar sentindo dificuldades durante esse período. Afinal, como estamos diante de algo atípico, isso é bastante comum, não é mesmo?

Entretanto, algumas ações podem ser postas em prática para viabilizar uma diminuição nos ruídos de comunicação e uma maior proximidade com as famílias. Para saber mais, acompanhe este texto.

Como apoiar famílias e alunos em tempos de pandemia?

Na hora de apoiar famílias e alunos em tempos de pandemia, a essência será uma boa comunicação. A partir dela podemos pensar em estratégias que viabilizem uma educação mais justa e igualitária.

Além disso, a escola precisa demonstrar motivação para buscar alternativas interessantes para as necessidades de cada aluno. Como não estamos em sala de aula, automaticamente temos que reconhecer que cada aluno possui uma realidade em casa e, por isso, estratégias singulares serão necessárias.

É por isso que cada professor deve acompanhar a sua turma de perto, pelo menos da forma mais próxima possível. Veja algumas dicas nesse sentido:

1- Desenvolva a escuta ativa

A escuta ativa é a capacidade de ouvir atentamente o que o outro tem a dizer. É deixar de lado qualquer pré-julgamento e preconceito sobre determinado assunto e situação. Também é deixar de lado aquela mania de tentar completar o raciocínio alheio. Você apenas escuta, atentamente, tudo o que o outro está dizendo.

Essa escuta fará toda a diferença na hora de apoiar famílias e alunos em tempos de pandemia, uma vez que você conseguirá compreender as dificuldades das famílias com mais clareza.

2- Estabeleça um canal de comunicação com as famílias

Escolher um canal de comunicação que seja padrão (e acessível) para todos também é importante. Isso impede que algumas famílias fiquem de fora de alguma tomada de decisão importante. Além disso, a comunicação padrão aumenta o senso de comunidade e a interação.

3- Espaços de suporte emocional

O suporte emocional é peça-chave na hora de apoiar famílias e alunos em tempos de pandemia. Por isso, se for possível, é interessante que a escola disponibilize esse tipo de suporte e apoio.

Aqui, profissionais da coordenação podem entrar em contato com os pais, questionando acerca das dúvidas, dificuldades, anseios, e buscando aconselhá-los da melhor maneira possível.

4- Central para tirar dúvidas

Estabelecer uma central para tirar dúvidas é uma forma de centralizar os questionamentos que as famílias e os alunos podem ter acerca da dinâmica das aulas ou até mesmo do conteúdo passado.

Isso impede que algum aluno fique sem a resposta adequada, mantendo uma maior organização e proximidade.

Demonstrar disposição é importante

Lembre-se que demonstrar disposição em ajudar é uma forma de mostrar às famílias e aos alunos a preocupação da escola para com os mesmos. Isso trará mais acolhimento, conforto e proximidade em um tempo tão delicado e difícil.

Se todos trabalharem unidos, logo sairemos dessa. Pense nisso e vamos juntos lidar com essa situação!

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.