CAIXA vai liberar mais 3 saques de até R$1 mil do FGTS até 28 de maio

O novo saque de até R$ 1 mil do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) está sendo pago de maneira escalonada para os trabalhadores até 28 de maio.

A princípio, de acordo com o cronograma de liberações, a CAIXA vai liberar mais 3 saques do fundo até o final deste mês de maio.

Até o momento, conforme o calendário, o pagamento já foi liberado para seis grupos: nascidos de janeiro a junho.

Veja o cronograma de maio do FGTS extraordinário:

  • julho: 21 de maio
  • agosto: 25 de maio
  • setembro: 28 de maio

O calendário de resgate dos valores seguirá até 15 de junho. Apesar disso, os saques poderão ser feitos até 15 de dezembro.

Portanto, você vai gostar muito de ver:

Auxilio Brasil, INSS e FGTS ainda em maio: veja os calendários com todas as datas

FGTS: Perdi a data do meu pagamento de R$1 mil, ainda posso sacar?

Canais de atendimento

Primeiramente, em caso de dúvidas o trabalhador terá os seguintes canais de atendimento:

Aplicativo do FGTS e agências da Caixa Econômica Federal:

  • Consultar o valor a ser creditado;
  • Consultar a data de crédito na Conta Poupança Social Digital;
  • Informar que não quer receber o crédito do valor;
  • Solicitar o retorno do valor creditado para a conta FGTS;
  • Por fim, alteração cadastral para criação de Conta Poupança Social Digital.

Site fgts.caixa.gov.br:

  • Primeiramente, realizar a consulta se o trabalhador tem direito ao Saque Extraordinário do FGTS;
  • Por fim, consultar a data de crédito na Conta Poupança Social Digital.

Consulta pelo site do FGTS

Em primeiro lugar, o trabalhador que preferir, pode consultar o saldo do FGTS através do site oficial do Fundo de Garantia. Por lá, será possível saber se o cidadão tem direito ao saque.

Portanto, em caso de resposta positiva, ele também poderá consultar a data de liberação de crédito que será feita pelo Governo Federal.

Consulta pelo aplicativo

Pelo aplicativo, a gama de possibilidades é notadamente maior. O cidadão também poderá saber se há algum saldo em seu nome e também qual será a data do recebimento do benefício, em caso de resposta positiva. Mas além disso, o trabalhador também poderá consultar alguns dados básicos que estão disponíveis.

Por fim, através do aplicativo, o cidadão também poderá informar que não quer receber o saldo do FGTS neste momento. Além disso, é possível também solicitar o retorno do valor creditado para a conta do FGTS.

Posteriormente, o indivíduo poderá usar a conta para atualizar os dados cadastrais e criar a chamada Conta Poupança Social Digital, que servirá para os depósitos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.