Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.5/5 - (11 votes)

Auxílio emergencial: Brasileiros ainda têm valores a receber

Atualmente, mesmo que o programa não esteja funcionando novos pagamentos estão sendo realizados. O Ministério da Cidadania está concedendo parcelas retroativas aos pais solteiros chefes de família monoparental.

O Auxílio Emergencial foi encerrado pelo Governo Federal em outubro de 2021. Durante a vigência oficial do programa, os beneficiários podiam consultar as informações concernentes ao benefício pelos canais digitais disponíveis.

Atualmente, mesmo que o programa não esteja funcionando novos pagamentos estão sendo realizados. O Ministério da Cidadania está concedendo parcelas retroativas aos pais solteiros chefes de família monoparental.

De acordo com informações da pasta, aproximadamente 1,3 milhão de pessoas devem receber os valores. A Caixa Econômica Federal liberou a parcela extra para cerca de 823,4 mil homens. Sendo assim, cerca de 450 mil pais solteiros ainda seguem recebendo o benefício devido.

O cidadão que quer conferir se será contemplado, pode acessar o site da Dataprev. Na prática, é necessário informar o número do CPF, nome completo, data de nascimento e nome completo da mãe, caso saiba.

Quem recebe a parcela retroativa do Auxílio Emergencial?

Para receber os valores é preciso corresponder aos seguintes critérios:

  • Ser chefe de família monoparental;
  • Estar inscrito no CadÚnico até o dia 2 de abril de 2020;
  • Ter efetuado o cadastro do Auxílio Emergencial através das plataformas digitais até o dia 2 de julho de 2020, prazo final para ter feito a inscrição no programa;
  • Estar cadastrado como “Responsável Familiar”;
  • Ter recebido cota simples do Auxílio Emergencial;
  • Ter na família ao menos uma pessoa menor de 18 anos de idade.

Qual o valor da parcela retroativa do Auxílio Emergencial?

O valor que o beneficiário receberá depende de quantas parcelas concedidas entre abril e agosto de 2020 o pai solteiro recebeu:

  • Quem recebeu as 5 parcelas poderá receber R$ 3.000,00;
  • Quem começou a receber em maio de 2020 tem direito a R$ 2.400,00;
  • Quem começou a receber em junho de 2020 tem direito a R$ 1.800,00;
  • Quem começou a receber em julho de 2020 tem direito a R$ 1.200,00;
  • Quem começou a receber em agosto de 2020 tem direito a R$ 600,00.

Vale ressaltar que no final de abril o Governo Federal editou uma Medida Provisória (MP) para conceder a nova rodada de pagamentos do benefício. A expectativa era que os repasses acontecessem no mesmo mês, no entanto, isso não aconteceu. A liberação dos novos pagamentos segue incerta.

3.5/5 - (11 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

4 Comentários
  1. Edmar Natal De Freitas Alves Diz

    Eu recebi e quero saber se tenho direito à receber de novo Auxílio Emergencial

  2. Maria da Paz Braga Lopes Diz

    Sou mãe solteira e recebi só as parcelas de 600 queria saber se tambem vou ter direito a parcelas retroativa. Tenho 2 filhos menores de 14 e 9 anos

  3. Regiane Cristina Leite Diz

    Eu gostaria de saber pq não posso receber o auxílio emergencial ou o auxílio Brasil, sendo que tenho 55 anos ,sou enfartada, não posso trabalhar ,é tem gente aí que tem carro é estão recebendo dinheiro à rodo do governo,já fiz meu cadastro é não consegui nada .Tudo muito injusto .

  4. antonio carlos silva gregorio Diz

    fiquei sem receber minhas duas ultimas parcelas en 2021 porque

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.