Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Auxílio Brasil de R$400: Lista de beneficiários pode ser consultada

Segundo informações, o novo programa social irá atender as 14,6 milhões pessoas beneficiadas pelo Bolsa Família. Além disso, outras 2,4 milhões serão incluídas para totalizar a marca de 17 milhões.

O Governo Federal vai começar a pagar o Auxílio Brasil a partir da próxima semana. Diante disso, os cidadãos já se questionam sobre a liberação da lista de contemplados.

Segundo informações, o novo programa social irá atender as 14,6 milhões pessoas beneficiadas pelo Bolsa Família. Além disso, outras 2,4 milhões serão incluídas para totalizar a marca de 17 milhões.

Veja também: Auxílio emergencial tem pausa, mas vai voltar com valor de quase R$400

Neste sentido, o Ministério da Cidadania anunciou que as consultas serão liberadas nos próximos dias. Nela, poderão ser verificados quem foi contemplado e o valor que será recebido.

Os procedimentos devem ser realizados pelo antigo aplicativo do Bolsa Família ou na Central de Relacionamento do Ministério da Cidadania, pelo telefone 121.

O Auxílio Brasil terá um aumento considerável em relação ao valor do benefício, que atualmente está na média de R$ 192. De acordo com o presidente Bolsonaro, as mensalidades serão cerca de R$ 400. Porém, neste primeiro momento só será possível viabilizar um benefício de R$ 220.

No que se refere ao calendário do novo programa, será semelhante ao do Bolsa Família, com uma distribuição seguindo o final do Número de Identificação Social (NIS). Além disso, o valor definitivo do benefício continuará sendo variável, conforme a composição familiar.

Benefícios do Auxílio Brasil

  • Benefício Primeira Infância: famílias com crianças de 0 a 3 anos recebem o valor de R$ 130;
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: jovens com idade entre 18 a 21 anos incompletos recebem R$ 65. O objetivo é incentivar os jovens a concluírem o ensino básico;
  • Benefício Composição Familiar: para famílias que tenham gestantes, ou crianças de 3 a 17 anos de idade, ou de 18 a 21 anos matriculados na educação básica. O valor do benefício será de R$ 65 por pessoa, no limite de até cinco benefícios por família;
  • Auxílio Esporte Escolar: válido para estudantes de 12 a 17 anos incompletos que se destacam em competições oficiais do sistema de jogos escolares brasileiros e que são de famílias beneficiárias do Auxílio Brasil. O pagamento é em parcela única de R$ 1 mil ou R$ 100 mensais durante um ano;
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior: pago a estudantes com bom desempenho em competições acadêmicas. O valor é de 12 parcelas mensais de R$ 100 ou R$ 1 mil em parcela única;
  • Auxílio Criança Cidadã: destinado ao responsável de criança de até 4 anos incompletos que tenha trabalho formal, mas não encontrou vaga em creches públicas ou de rede conveniada. O valor é de R$ 200 para crianças matriculadas em período parcial e R$ 300 em período integral;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural: pago aos agricultores familiares inscritos no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal (CadÚnico). O valor recebido deve ser de R$ 200;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: viabilizado para quem comprovar vínculo de emprego formal durante amparo do programa. Valor recebido deve ser de R$ 200;
  • Regra de Emancipação: para beneficiários que tiveram aumento de renda per capita ultrapassando o limite de entrada no auxílio. Neste caso, serão mantidos na folha de pagamento por mais 24 meses.

Critérios do Auxílio Brasil

  • Ter renda familiar per capita de até R$ 100; ou
  • Ter renda familiar per capita de até R$ 200 (no caso de famílias que tenham em sua composição gestantes, nutrizes, crianças e/ou adolescentes até 17 anos);
  • Estar inscrito no CadÚnico;
  • Estar com dados atualizados no CadÚnico há, pelo menos, dois anos.

Exigências do Auxílio Brasil

  • Crianças e adolescentes com idade escolar (entre 6 e 15 anos) devem ter, no mínimo, 85% de presença nas aulas;
  • Os jovens entre 16 e 17 anos, a frequência mínima exigida é de 75%;
  • Crianças menores de 7 anos precisam estar com as vacinas em dia e devem comparecer ao posto de saúde para realizar o monitoramento e o acompanhamento do crescimento;
  • Gestantes devem comparecer às consultas de pré-natal e participar de atividades educativas ofertadas pelo Ministério da Saúde sobre aleitamento materno e alimentação saudável;
  • Acompanhamento de saúde das mulheres que possuem 14 a 44 anos de idade.

Calendário do Auxílio Brasil em 2021

Final do NIS Data de pagamento Data de pagamento
1 17 de novembro 10 de dezembro
2 18 de novembro 13 de dezembro
3 19 de novembro 14 de dezembro
4 22 de novembro 15 de dezembro
5 23 de novembro 16 de dezembro
6 24 de novembro 17 de dezembro
7 25 de novembro 20 de dezembro
8 26 de novembro 21 de dezembro
9 29 de novembro 22 de dezembro
0 30 de novembro 23 de dezembro
Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.