Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.7/5 - (169 votes)

Auxílio emergencial tem pausa, mas vai voltar com valor de quase R$400

Os pagamentos do auxílio emergencial chegaram oficialmente ao fim no dia 31 de outubro. Na ocasião, os informais que nasceram no mês de dezembro receberam a última parcela do benefício. No dia seguinte, ou seja, 1º de novembro, a Caixa Econômica Federal começou o processo de liberação dos saques do benefício.

Agora, o cronograma de pagamentos receberá uma pausa, uma vez que o Governo não vai fazer nenhuma liberação do saque para nenhum grupo de informais do benefício neste fim de semana e no próximo feriado, do dia 15 de novembro. Pelo menos é o que se sabe até aqui. Isso vai acontecer porque teremos o feriado nacional.

Ainda de acordo com o calendário oficial, esses repasses irão retornar já na terça-feira (16) e seguirão normalmente nesta semana até a próxima sexta-feira (19).

Na terça-feira (16), por exemplo, é a vez dos informais que nasceram no mês de setembro. Na quarta-feira (17), vai ser a vez dos nascidos em outubro. Aqueles que fazem aniversário em novembro poderão retirar o dinheiro em espécie a partir da próxima quinta-feira (18). Já na sexta-feira (19), vai ser a vez daqueles usuários informais que nasceram no mês de dezembro. Pelo menos é isso o que o calendário aponta.

Saque em espécie – disponibilidade física do valor

  • Mês de nasc. do beneficiário e data do pagto. do benefício:   janeiro  / 1º de novembro
  • Mês de nasc. do beneficiário e data do pagto. do benefício:    fevereiro / 3 de novembro
  • Mês de nasc. do beneficiário e data do pagto. do benefício:   março  / 4 de novembro
  • Mês de nasc. do beneficiário e data do pagto. do benefício:   abril  / 5 de novembro
  • Mês de nasc. do beneficiário e data do pagto. do benefício:   maio  / 9 de novembro
  • Mês de nasc. do beneficiário e data do pagto. do benefício:   junho  / 10 de novembro
  • Mês de nasc. do beneficiário e data do pagto. do benefício:   julho  / 11 de novembro
  • Mês de nasc. do beneficiário e data do pagto. do benefício:   agosto  / 12 de novembro
  • Mês de nasc. do beneficiário e data do pagto. do benefício:   setembro  / 16 de novembro
  • Mês de nasc. do beneficiário e data do pagto. do benefício:   outubro  / 17 de novembro
  • Mês de nasc. do beneficiário e data do pagto. do benefício:   novembro  / 18 de novembro
  • Mês de nasc. do beneficiário e data do pagto. do benefício:   dezembro  /   19 de novembro

Quem são os informais

Vale lembrar que nós estamos falando aqui apenas do caso dos informais. São os usuários do Auxílio Emergencial que se inscreveram no projeto ainda no ano passado através do aplicativo ou do site oficial. Se incluem aqui também os cidadãos que entraram no programa através do Cadúnico, mas que não estão no Bolsa Família.

Pelas regras do Auxílio Emergencial, os informais precisam obedecer a dois calendários. O primeiro aponta a data da liberação digital do dinheiro. É aí que essas pessoas precisam usar a quantia através do aplicativo Caixa Tem ou mesmo do sistema Internet Banking.

O segundo calendário aponta a data em que essas pessoas poderão usar a quantia retirando o dinheiro na boca do caixa. vale lembrar, no entanto, que ninguém é obrigado a fazer esse processo. Isso quer dizer, portanto, que quem quiser seguir mexendo no montante através dos meios digitais, pode fazer isso.

Auxílio Emergencial chegou ao fim?

Oficialmente, o que se sabe até aqui é que essa foi a última parcela do Auxílio Emergencial. De acordo com dados do próprio Ministério da Cidadania, o projeto em questão estava atendendo no seu último mês algo em torno de 35 milhões de pessoas.

Só que há uma ala dentro do Palácio do Planalto que ainda está tentado convencer o Presidente Jair Bolsonaro a prorrogar o benefício por mais algum tempo. No entanto, em entrevista recente para uma rádio do Rio Grande do Sul, o chefe de estado negou que isso vá acontecer.

De acordo com informações de bastidores, a prorrogação do Auxílio Emergencial voltou para o radar do Governo principalmente por causa das dificuldades que o Planalto está tendo para aprovar textos que liberariam o aumento do novo Bolsa Família. É o que se sabe até aqui.

3.7/5 - (169 votes)
34 Comentários
  1. Joel Diz

    O que doi é ver os politicos se fartar daquilo que o pobre plantou (impostos) sem ter nenhum direito a nada.. e só oferece ao pobre de 4 em 4 anos batendo em sua porta oferecendo migalhas em troca de votos… Vamos abrir nossos olhos e pensar 2 vezes se vale a pena votar em quem.. valorizando nosso voto pq todos eles depende de nós pra assumir uma cadeira no poder

  2. Joeval oliveira Diz

    O que doi é ver os politicos se fartar daquilo que o pobre plantou (impostos) sem ter nenhum direito a nada.. e só oferece ao pobre de 4 em 4 anos batendo em sua porta oferecendo migalhas em troca de votos… Vamos abrir nossos olhos e pensar 2 vezes se vale a pena votar em quem.. valorizando nosso voto pq todos eles depende de nós pra assumir uma cadeira no poder

  3. Daniele Moraes da Silva Diz

    Eu não recebi o quatrocentos reais eu recebi trezentos e setenta e cinco

  4. Mary Diz

    O brasileiro não sabe nada sobre legislação…. A verba dos impostos é dividida em partes e, no caso do auxílio, é a das políticas públicas… Sendo assim, se ele pegar a verba destinada ao pagamento dos deputados e senadores, ele sofre impeachment. Está descrito na lei vigente sobre o teto de gastos… Se ele fizer uma “pedalada” e pagar com esse dinheiro o auxílio, sofre impeachment…ou seja, está com as mãos amarradas. Eu fico imaginando se o Haddad tivesse ganhado… Como gerenciar um país continental numa pandemia global sem dinheiro. Pq SIM, o Brasil ia no caminho do socialismo com a esquerda. Estamos sofrendo como o mundo está também.

  5. Mario Diz

    Vc eleitor… Q hoje ta aí sofrendo e vendo muita gente passando fome (na última sexta fui do centro de Bh ate a Savassi e em quase todos os semáforos vi pessoas e familias passando dificuldades), é hora de parar e pensar de acordo com o que vc viveu nos ultimos 25 anos. Sem imfluencia de nada, so o que vc viveu… Em qual epoca o povo viveu melhor, com emprego e comida na mesa, basicamente? Então pàra de seguir midia e siga seu coração! Quando Lula e Dilma governavam esse país o pobre e o trabalhador tinham sua importância. Hoje são lixos, querem q vc morra. A direita só pensa nos ricos! Então reaja já! Dessa vez não entre nas ondas de “caçador de marajas ” e “mito…mito”.. Sái dessa e aprenda que a esquerda é que defende o pobre e o trabalhador.

  6. Mario Diz

    Ta Fóda

  7. Carlos Diz

    Vamos dar a resposta prá esses canalhas, nas urnas. O povo tem a faca e o queijo nas mãos.

  8. Andréa Costa Diz

    Se cortar o auxilio povo vai roubar pra comer porque o tanto de gente desempregado. Bando de políticos sem coração comem picanha todo dia e tudo e o Brasil passando fome E COMO DIZ
    O DATENA E SÓ NO NOSSOOOOO MINHA GENTEEE

  9. Gabriel Lauriano de Paula Diz

    Esses quase 20 milhões de pessoas da qual estou incluso,com certeza serão votos contra o Bolsonaro, estou com 62 anos, tive um AVC não pude mais trabalhar,o INSS negando o auxílio doença e a mais de um ano não recebo nada.O comando do INSS pagando 57reais aos peritos por cada benefício indeferido,o que necessitamos para viver,cada dia mais caro e essa classe FDP brincando com todos.A dose de 1964 está precisando ser repetida urgente.Esses canalhas precisam serem exilados pra salvar o Brasil outra vez.

  10. Eliana Diz

    Vou dar uma dica. Minha irmã começou seu próprio negócio vendendo roupas de bebê, carrinhos, banheiras brinquedos, etc e ta6 conseguindo se virar bem. Ha5 muitas formas de conseguir comprando lotes de roupas de bebê bem barato em depósitos como da Vila Maria em SP. A pessoa tem que entregar, metrô e trem e correios, faz parte do seu trabalho. Divulgar, fazer site, página no Facebook. Vender na Shopee. Minha sobrinha que nao tem nem 15 anos tá vendendo livros usados e se dando bem também. Emprego tá difícil mas o trabalho vc pode conseguir se se dedicar. Basta ter saúde e boa vontade.

  11. Irisnei Diz

    O Bolsonaro é uma pessoa boa. Fiquem tranquilos. Deus acima de tudo lembrem ele liberou o auxilio já faz quase dois anos que estamos recebendo ele disse no governo dele ninguem fica para tras. Acompanhe e vocês ovservaram que toda vez que a petrobras da lucro ele libera 3 parcelas de auxilio. Eu acredito em um auxilio natalino para o povo ele sempre faz suspense mas depois libera. Bolsonaro 2022

  12. Antonio carlos de Melo Diz

    Eu um no Eu Antonio carlos de Melo sou mecânico
    Por causa desse aumento dos combustíveis nâo estou saindo bem poque Preço do deixar o carro ligado por alguns minutos eu vejo muitos clientes reclamar vai acabar meu combustível vê lá já tá na reserva muitos entâo andando com o carro em emergençial e eu parado sem trabalhar por conta do aumento do combustível nossa tá de desanimar o Brasil nâo ê mais o mesmo nunca passei por isso graças ao GUEDES que manda no presidente tamos passando por isso nâo acredito mesmo nossa nâo quero depender de auxilio quero um BRASI DE VOLTA

  13. Cissa de Oliveira Diz

    Eu acho que o auxílio tem que continuar,porque tem muita gente que esta dependendo só do auxílio.

  14. Joy Diz

    Enquanto isso eles tem salários altíssimos, auxílio terno, moradia, carro com motorista, seguranças, etc… O pobre que se vire fazendo bico pra sobreviver.

  15. Rosangela Diz

    Concordo anteriormente.vai da privilégio para muitas famílias receberem 400.enquanto outros informais passando necessidade sem trabalho algum.

  16. Elza regina Diz

    E MUITA COVARDIA,NA HORA Q.O POVO MAIS PRECISA,ACABAR C.AUXILIO EMERGENCIAL.DIZENDO NAO TER DINH.P.PAGAR,MAS P.OS SALARIOS ABSURDOS DOS POLITICOS,FORA O DINHEIRO Q.GANHAM P.MORADIA,COMBUSTIVEL,VIAGENS E ETC.E UMA COVARDIA.BANDO DE IPOCRITAS.E A MAIOR PARTE DOS BRASILEIROS,PASSANDO FOME,PERDENDO SUAS CASAS POR NAO PODER PAGAR CONTAS.

  17. Luciano Diz

    Ele só irá ganhar as eleições se ampliaram auxílio mais um tempo

  18. Vitória Diz

    Pegava o auxílio de 150R$ e com um bebê de 2 meses em casa. Com isso praticamente não da pra comprar nada..
    Ae vem o auxílio brasil. Porém não sei se vou receber pq fiz meu cadastro do bolsa família tem uns 5 meses atrás… Eeh uma sacanagem tudo isso viu

  19. Evison Diz

    Esqueci de fechar parêntese no meu comentário anterior.
    Aproveitando a deixa, quero saber por que não vemos nenhum candidato ou pré candidato defender o programa RENDA BÁSICA UNIVERSAL, pautado em fóruns internacionais!?

  20. Evison Diz

    Sei não viu; Sobe preço de tudo que se pode imaginar, sesta básica, gás de cozinha, combustível, energia elétrica, água, os políticos ganhando auxílio pra terno, aluguel, alimentação, carro com chofer, segurança armado, viajando pra onde bem entender; Isso sem contar o tal do cartão corporativo, verba pública para campanha, dentre outras regalias…
    Eu vivo com diárias entre 50 e 60 reais ” quando consigo arrumar; As vezes fico o mês inteiro sem nada, e correndo atrás !” Com essa mesma diária eu tenho que descontar preço de passagem que também subiu, almoço, nem sempre dá pra ir com marmita, se quiser beber um refrigerante, suco ou água, também vai sair do bolso; No final acabou me sobrando cerca de 30 reais dessa diária.
    2022 vem aí, acho que se não aparecer um candidato diferente em ideias e propostas ( dos que vi até agora, não vou nem votar nulo, fico em casa pra aproveitar um dia de descanso refletindo sobre a vida, que, não tá nada fácil!
    Obrigado por ler meu comentário!!!

  21. carlos Diz

    e por isso mesmo que o bolsa nao quer pagar o emergencial e para sobrar mordomia para ele e os comparça o povo esta ferrado nem azinha de frango vai ter no natal e ano novo ,bolsonaro lancha e churasco de picanha em alto mar ,o povo esta pagando pelo erro que cometeu votando nele,milhoes de desempregados nao vai ter nada na mesa para comer

  22. Eucineide Diz

    Oq vai ser de nos q perderão o serviço por conta da pandemia, meu Deus, não deveria acabar o auxilio emergencial ajuda muito gente como eu ,sem saber o que fazer,serviço não tô conseguindo, queria ver se fosse vcs aí de gravata no nosso lugar, isso é uma humilhação

  23. Jose rogerio costa caetano Diz

    Infelizmente os informais. que de uma maneira ou de outra sempre se viraram por si so. porquê estavam com as suas atividades bombando mas devido a pandemia. E de uma maior necessidade ficamos sem saber se teremos o apoio financeiro que tanto nos ajudaria nesse momento tao difícil obrigado boa tarde Deus abençoe o Brasil

  24. Silvana Diz

    Sei que e muito triste olhar seu filho sem ter o que comer ou vc sair pedindo um prato de comida pra ele estou desempregada pago aluguel estou vendendo água mal da pra pagar o aluguel só Deus fora Bolsonaro Paulo Guedes fora

  25. Sasuke Diz

    BOLSONARO 2022🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷

  26. Wilson dos Santos Carvalho Diz

    O auxílio Brasil não nem sido aprovado e já tinha planos pra acabar o auxílio emergencial,pra vocês verem como é que acontece,mas o governo o presidente com sua opinião de valores a famílias brasileira vai dar continuidade pelo menos mais uns três meses, agora que eu quero essa humildade do nosso presidente,não é possível que muitos brasileiros vão ainda ficar desassistidos pela autoridade maior o presidente JAIR MESSIAS BOLSONARO

  27. Léia Diz

    Eu não recebi 1 de novembro pq sou janeiro, e tinha que continuar pq tá perto de natal MTS família não tem nem o que comer, e vcs governantes vai ter as mesas cheias pq vcs ganham bem né?

  28. Jéssica Lavínia Diz

    Aff…. Tem q continua ajudando quem precisa, cortando o auxílio vai ter muita pessoas passando dificuldade

  29. Jéssica Lavínia Diz

    jessicalavinia2509@gmail.com

  30. Geslane Martins Silva Diz

    Boa tarde gostaria de saber se o auxilio emergencial vai ter prorrogação e quantas parcelas e o valor? Também gostaria de saber se posdo me cadatras pra receber o auxilio brasil? Não tenho nen um renda e não trabalho.

  31. Jose Roque ribeiro Diz

    Gente fiquei desempregado não possuo renda alguma tenho 64 anos estou passando muitas dificuldade até o GAZ de cozinha estamos em falta fazendo malabarismo para sobreviver senhores político olhe para as classe em vulnerabilidade onde precisa que vcs tenha um consenso de ajudar só lembra da gente para se eleger é moro em salvador onde a cesta básica mais cara fo Brasil estamos passando fome por favor ajude-nos

  32. Ricardo Diz

    Tem que voltar a ajudar os desamparados.

  33. Carlos Alberto Diz

    Somente quando é para ajudar e beneficiar o povo é que as coisas se tornam difíceis, com o auxílio tendo data para terminar e cria-se uma polêmica, uma burocracia para seguir adiante no auxílio, nunca se tem dinheiro, mas as mordomias políticas continuam, os benefícios dos políticos continuam, e como é que o país tem esse dinheiro, de onde vem?

  34. Ivone Diz

    Esse presidente acha que vai ganhar eleicao tira oxilio emegencial quando as pessoas ta muito passando fome combessa pidemia. Da uma miseria de oxilio que nao da nen pra compra pao e ainda tira e que ganhar eleicao aiaiia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.