Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Autoanálise na liderança: Como fazer?

autoanálise na liderança pode ser a sua aliada no desenvolvimento da sua posição enquanto líder. Isso porque é nessa autoanálise que descobrimos nossos pontos fortes e fracos, viabilizando um novo olhar sobre a nossa atuação e nossas necessidades de mudança.

Porém, você deve estar se perguntando: como funciona essa autoanálise? Como fazê-la adequadamente? Neste conteúdo, você verá uma série de dicas e considerações importantes sobre o tema. Acompanhe!

Como funciona a autoanálise na liderança?

A autoanálise na liderança funciona de uma forma semelhante as outras áreas de atuação. Porém, nesta posição nós devemos ficar atentos à nossa atuação diante dos liderados – a forma de se comunicar, delegar tarefas, dar feedbacks, etc. Assim conseguiremos construir um perfil de liderança mais assertivo.

Veja os passos que podem ser dados nessa autoanálise:

1. Analise a sua atuação nos dias de hoje

Você precisa reservar um tempo para a sua autoanálise. Apenas dessa forma é que conseguirá entender como está a sua situação atual. Verifique os resultados que são atingidos, analise o comportamento dos liderados para com você, verifique se há muita necessidade de retrabalho no time, etc.

Até mesmo a motivação da sua equipe deve ser avaliada, tendo em vista que o líder é um dos responsáveis por ela.

Você pode ir anotando as informações sobre a sua atuação, para ter uma visualização mais profunda. Escreva uma coluna de fatores positivos e negativos, para ter mais clareza.

2. Avalie os resultados atingidos

Avalie quais resultados o seu time de liderados tem atingido. Verifique quantas vitórias foram alcançadas, e quantas derrotas fizeram parte do dia a dia. Vale salientar que não necessariamente os resultados negativos significam algo extremamente ruim, haja vista que não iremos vencer sempre, ok? 😉

3. Peça feedback dos seus liderados

Você sabia que o feedback dos seus liderados também pode lhe ajudar na sua autoanálise na liderança? Pois é! Solicite um feedback grupal e um individual, para que cada colaborador possa lhe ajudar a enxergar caminhos promissores para melhoria.

Vale a pena investir nessa prática, uma vez que com as informações alheias você poderá verificar o que pode realmente ser verdade sobre a sua atuação, mudando o que for necessário.

4. Analise quais metas foram atingidas e quais não

Analise as metas que você tem atingido ao longo dos dias, semanas e meses. Depois, avalie as metas que a sua equipe de liderados tem atingido. Isso pode dar pistas de possíveis gaps que precisam ser sanados.

5. Analise as suas habilidades e pontos fracos

Por fim, durante a sua autoanálise na liderança, não se esqueça de levar em consideração as suas habilidades e pontos fracos.

Pense no que você sabe fazer muito bem e dê uma nota para isso. Será que é possível melhorar ainda mais?

Depois, pense no que você não faz também e também dê uma nota. Como será que você pode melhorar nessa circunstância?

Essas ações são imprescindíveis para você se conhecer melhor e investir no seu próprio desenvolvimento enquanto líder. 😉

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.