Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

A associação livre pode lhe ajudar a ser mais criativo

Você já ouviu falar em associação livre? Esta é uma técnica usada por psicanalistas, quando os seus pacientes se deitam no divã. Consiste em permitir que o fluxo de ideias aconteça de maneira leve, sem nenhum tipo de censura ou impasse. Ou seja, neste caso, o paciente pode dizer tudo o que pensa, mesmo que o pensamento pareça um pouco sem sentido para o momento. Acredite, sempre há um sentido por trás dele.

Mas, o que essa técnica terapêutica tem a ver com a criatividade? Bem, é sobre isso que discutimos neste conteúdo. Veja abaixo e saiba mais:

Como a associação livre pode ajudar na criatividade?

Como vimos, a associação livre pode ser entendida como um fluxo de ideias sem censura. Tudo que vem à mente, conta como um pensamento ou ideia importante. Assim sendo, os benefícios dessa técnica para a sua criatividade são:

1- Permita que seus pensamentos sejam levados em conta

Você já teve alguma ideia interessante, mas, por medo do que os outros poderiam achar, você a deixou de lado? Pois é… Com a prática da associação livre no cotidiano você percebe que os seus pensamentos são importantes e, às vezes, por mais desconexos que possam parecer, quando você resolve analisá-los, percebe que há um pouco de verdade neles.

Além disso, é a partir de uma ideia “do nada” que você pode lapidar a sua criatividade, até encontrar algo muito interessante por trás deste pensamento diferente.

2- Não julgue as suas ideias e insights

Quando você tem um insight, você julga o que está pensando como bom ou ruim? Se você costuma fazer isso de maneira automática, sugerimos que você comece a pensar de uma forma diferente. Afinal, muitas ideias boas vêm em momentos “inoportunos”, e se não soubermos ouvi-las, podemos deixar muitas oportunidades de lado.

Portanto, pare de julgar a sua mente e comece a se atentar às novas ideias que surgem, anotando-as e refletindo sobre elas mais tarde. Assim, você terá muito mais chances de chegar a algo muito criativo e inovador.

3- Analise quais ideias podem ser interessantes

É claro que com a associação livre você não precisa simplesmente pôr em prática todas as ideias que vem à mente. Às vezes, um pensamento não será interessante para determinado momento. Porém, analisar essa ideia pode fazer com que outros insights aconteçam.

Sendo assim, ao invés de simplesmente negligenciar a sua criatividade pelo simples fato de algo vir à mente e parecer “ruim”, que tal deixar essa ideia anotada para, mais tarde, usá-la de inspiração para novas criações? Assim você já tem um gatilho que fará os seus pensamentos fluírem livremente, em busca de soluções.

Invista no fluxo de ideias para ser mais criativo!

Use a associação livre de ideias em momentos como reuniões com a equipe; brainstorm ou simplesmente quando você estiver refletindo sobre algo importante. Não deixe a sua mente presa e faça com que o seu cérebro seja sempre estimulado para ser mais criativo. Acredite, os resultados são incríveis e muito promissores!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.