Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

1/5 - (1 vote)

14º salário de até R$ 2.420 será liberado em 2022? Veja a proposta

Não há previsões para o pagamento do abono extra natalino para este mês. Logo, os segurados do INSS terão que aguardar mais um pouco até que o projeto seja totalmente aprovado e sancionado pelo presidente da república.

O Projeto de Lei nº 4.367 que trata da liberação do 14º salário do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), tramita em caráter conclusivo na Câmara dos Deputados. Porém, mesmo que seja aprovado o novo benefício não será pago aos aposentados e pensionistas da autarquia este ano.

Veja também: Aposentadoria do INSS: veja o processo de cálculo e quando pedir a revisão

Não há previsões para o pagamento do abono extra natalino para este mês. Logo, os segurados do INSS terão que aguardar mais um pouco até que o projeto seja totalmente aprovado e sancionado pelo presidente da república.

Pagamento do 14º salário do INSS

Segundo as emendas adicionadas a proposta recentemente, os pagamentos do 14º salário ocorrerão nos meses de março dos anos de 2022 e 2023. Além disso, o benefício terá valor máximo de até dois salários mínimos em vigência. As determinações foram incluídas enquanto a medida esteve na Comissão de Finanças e Tributação.

Atualmente o texto se encontra na Comissão de Justiça e Cidadania. Caso receba parecer favorável, o projeto será encaminhado ao Senado Federal podendo retornar à Câmara dos Deputados caso seja alterado. Não tento outras mudanças, a proposta seguirá para a sanção presidencial, podendo ser totalmente vetada pelo chefe do Estado.

 

Novo salário mínimo e aumento do 14º salário do INSS

Considerando a aprovação do projeto que solicita a liberação do 14º salário do INSS, o benefício terá o valor reajustado em 2022. Isso porque, ao cotar o salário mínimo previsto para o próximo ano, os segurados do INSS terão acesso a um abono máximo de R$ 2.420. Se fosse repassado ainda este ano, o teto seria de apenas R$ 2.200.

Cabe salientar que o texto indica os beneficiários que terão acesso ao novo benefício, sendo eles os aposentados, pensionistas e demais beneficiários de auxílios (doença, acidente e reclusão, por exemplo). Em contrapartida, ficarão de fora os inscritos no Benefícios de Prestação Contínua (BPC).

1/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

2 Comentários
  1. Cleonice Peixoto Diz

    Absurdo! fazem tanto descaso com os aposentados chega enojar….
    Fudao foi aprovado em segundos.
    Não é comentário repetido; vcs que não querem essa postagem.

  2. Cleonice Peixoto Diz

    Absurdo! fazem tanto descaso com os aposentados chega enojar….
    Fudao foi aprovado em segundos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.