Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

WhatsApp testa função para escolher quem pode ver o visto por último

Usuário poderá selecionar quem não vai ver o visto por último, igual faz com os status, por exemplo

Captura de tela do WhatsApp para Android (imagem: WABetaInfo).

Os participantes do programa de testes do WhatsApp para Android e iOS começaram a experimentar uma nova função: a possibilidade de escolher quem pode ver o visto por último do aplicativo. A novidade, que também se aplica à foto de perfil e ao recado, foi divulgada pelo portal WABetaInfo, que traz informações dos programas de teste do aplicativo.

LEIA MAIS: WhatsApp: Novidade permitirá personalização de ícones; saiba mais

Há uns bons anos, o WhatsApp aplicou alguns padrões de privacidade. Até hoje, usuários da versão oficial só podem escolher entre três opções na questão de quem pode ver o visto por último: todos, meus contatos ou ninguém. O mesmo era válido para foto do perfil e ao recado.

Já quem tem acesso à versão beta do app começou a testar uma nova função, onde é possível selecionar “Meus contatos, exceto…”. Nesta opção, o usuário pode escolher quem ele não quer que veja o seu visto por último, recado ou foto.

É importante lembrar que, ao desabilitar o visto por último para todos, você também não tem acesso ao visto por último de outras pessoas. O mesmo acontece se a função for desabilitada para um contato específico – você não verá o visto por último dela, mas dos outros contatos sim. 

visto por último
Tela de configurações do visto por último no iOS (imagem: WABetaInfo).

A função começou a ser testada na versão beta do WhatsApp para iOS (aparelhos iPhone) no início de setembro, enquanto os usuários do programa de testes do Android só receberam a função esta semana. Não é possível dizer quando a função chegará para os usuários do aplicativo oficial. 

Migração de conversas para outros sistemas 

Outra novidade que começou a ser testada essa semana é a migração de conversas do WhatsApp entre sistemas operacionais. Os usuários do beta para iOS agora conseguem passar todo o histórico de conversas que tinham em seu antigo smartphone Android para o novo iPhone. 

Para realizar essa ação, os beta testers precisam baixar um aplicativo específico para Android, que vai iniciar a migração das conversas. Para completar o processo, o usuário precisa finalizar a migração no novo iPhone. 

Uma função parecida já estava sendo testada desde agosto para quem queria fazer o processo inverso – migrar conversas de um iPhone para um Android. A opção é mais simples e não precisa de outro aplicativo. Só é preciso acessar as configurações do WhatsApp no iPhone e clicar em Conversas. Quem é usuário teste da versão iOS vai reparar em “Mover conversa para Android”. Aí é só clicar e seguir as instruções. 

Ainda não há previsão para o lançamento dessas funções para todos os usuários do WhatsApp. 

Reações a mensagens

Para quem usa o Messenger no Facebook ou Instagram, reações a mensagens já é algo considerado comum. Agora a empresa de Mark Zuckerberg está testando essa função no WhatsApp também. No iOS, os testes começaram no início de setembro, mas só esta semana a reação foi liberada para os beta testers do Android. 

A funcionalidade é parecida com a do Messenger, então não precisa de muitas explicações. Aparentemente, o usuário vai poder escolher qualquer emoji e usar como reação. Na captura de tela de um iPhone disponibilizada pelo site WABetaInfo, foi possível ver que vários usuários podem reagir a uma mesma mensagem com emojis diferentes, bem como o número de reações. É possível identificar quem reagiu e com qual emoji. 

Outra novidade que já estava em testes é a criação de um ícone de grupo usando um editor. A ferramenta de edição dos ícones de grupo já está disponível para os usuários do WhatsApp versão beta iOS. O recurso permite escolher a cor de fundo, um emoji ou adesivo para personalização. Além disso, nas próximas semanas será implementado na mesma versão do app para aparelhos com sistema operacional Android. 

Estes novos recursos também não têm data de lançamento.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.