Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Quais são os sintomas de esgotamento nervoso?

Compreender os sintomas de esgotamento nervoso pode lhe ajudar a avaliar a sua situação e assim buscar o suporte necessário, caso seja preciso. Para tanto, convidamos você para acompanhar este texto e saber mais sobre os sinais desse problema. Continue lendo.

Quais são os sintomas de esgotamento nervoso?

Os sintomas do esgotamento nervoso são multifatoriais. Um sujeito pode apresentar sinais mais intensos de cansaço físico, enquanto outras pessoas podem mostrar uma maior irritabilidade. Cada caso é um caso!

Por isso, analise os sintomas que você vem sentindo sempre levando em consideração a sua singularidade. Também, em hipótese alguma, pratique o auto diagnóstico, pois isso pode prejudicar mais do que ajudar. Mas, se porventura você se identificar com muitos sinais, busque auxílio profissional antes de concluir algo, ok?

Esclarecido esses pontos importantes, vamos agora aos sintomas:

1- Cansaço físico mesmo depois de uma noite bem dormida

Uma pessoa que sofre com esgotamento nervoso/mental tende a se sentir muito cansada ao longo do dia. Mesmo quando a noite de sono é revigorante, a sensação de estar exausta persiste, ao longo da rotina.

2- Sensação de vazio

O trabalho já não é mais motivador e nem mesmo as atividades prazerosas chamam a atenção. Tudo parece superficial, sem benefícios e a sensação de vazio pode aparecer.

3- Angústia por ter que cumprir determinadas tarefas

A angústia de ter de trabalhar, cuidar da casa, lavar o carro ou qualquer outra tarefa corriqueira é constante. O sujeito não vê mais sentido em determinadas ações, e por isso se sente pressionado de ter que finalizá-las.

4- Dificuldade para se concentrar

A concentração e o foco ficam afetados, fazendo com que os trabalhos e estudos aconteçam de uma forma mais lenta e “arrastada”.

5- Irritabilidade

A irritabilidade também aparece. Tudo parece provocar um estresse extremo, fazendo com que o sujeito saia do sério com facilidade. Essa irritação só torna tudo ainda mais cansativo e afasta ainda mais a capacidade de concentração.

6- Sonolência constante

Mesmo com as noites de sono em dia, a sonolência vem para atrapalhar ainda mais o dia a dia. Sem dúvidas, esse é um dos sintomas do esgotamento nervoso que muita gente costuma se queixar e chegam a acreditar que estão com problemas físicos – mesmo não estando.

7- Equívocos cometidos constantemente

Por conta do sono, do cansaço físico e até mesmo da falta de concentração, os equívocos começam a aparecer de maneira mais constante. A pessoa que antes não cometia erros bobos no trabalho tende a cometê-los, e com frequência.

Isso aumenta ainda mais a sensação de vazio, tristeza e estresse.

8- Isolamento no trabalho e nos estudos

Um sujeito que apresenta sintomas do esgotamento nervoso tende a se isolar dos colegas de trabalho ou de faculdade. Se fecha em seu mundo, fica afastado de todos e nega as interações sociais.

É claro que esse sintoma não é regra, mas é preciso ficar atento aos sinais como um todo. Caso você se identifique com o que citamos neste conteúdo, busque ajuda com um psicólogo. Se as suas condições financeiras não lhe permitirem isso, experimente procurar uma faculdade que tenha psicologia na grade de cursos. É possível que você encontre atendimento gratuito dos estagiários. Pense nisso. 😉

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.