Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.3/5 - (6 votes)

Saiu o valor do Vale-gás de junho: Governo sinaliza pagamentos de R$ 53

Atualizações no app do Auxílio Brasil apontam que usuários devem receber R$ 53 no vale-gás nacional neste mês de junho

Os usuários do vale-gás nacional ganharão R$ 53 em suas contas sociais digitais do Caixa Tem neste mês de junho. A informação ainda não é oficial, mas o próprio Ministério da Cidadania já iniciou o processo de atualização da informação nos apps oficiais do Auxílio Brasil. O cidadão já pode consultar a sua situação no aplicativo.

Caso a informação se confirme, teremos o primeiro aumento no saldo do vale-gás nacional desde o início deste ano. Conforme informações do Ministério da Cidadania, em fevereiro, o Governo Federal realizou pagamentos de R$ 52 por família. Em abril, eles pagaram R$ 51 por conta. Agora, o valor sobe para a casa dos R$ 53.

Ao contrário do que acontece com o Auxílio Brasil, programa em que os repasses não são iguais para todos os usuários, o vale-gás nacional conta com um patamar único. Assim, todos os mais de 5 milhões de beneficiários do projeto receberão os R$ 53. Não interessa quantas pessoas moram na mesma casa ou a renda per capita do cidadão. Ele receberá os R$ 53.

Trata-se de um aumento de R$ 2 em relação ao patamar de abril, quando o Governo realizou o último pagamento do benefício social no Brasil. É uma boa ou má notícia? Depende do seu ponto de vista. Por um lado, os cidadãos ganharão mais do que estavam ganhando anteriormente. Por outro lado, o aumento significa que o preço do botijão de gás subiu mais uma vez.

Pelas regras gerais do vale-gás nacional, o Governo Federal é obrigado a pagar sempre a metade do preço médio nacional do botijão de gás. Dessa forma, se o valor sobe, o patamar do programa também sobe. Seja como for, o cidadão terá que arcar com a segunda metade para comprar o botijão de gás de 13kg.

Maioria não usa para comprar o botijão

É preciso lembrar que o Governo Federal não obriga os cidadãos a usarem o dinheiro do vale-gás nacional para a compra do botijão de gás. No final das contas, os trabalhadores não precisam prestar contas do uso da quantia.

Assim, caso o usuário prefira usar o dinheiro para comprar comida, pagar dívidas ou até mesmo guardar, ele pode optar pelas ações. No final das contas, a decisão será sempre do cidadão que recebe o benefício. Ele saberá qual a melhor forma de aplicar o saldo.

Dados da Agência Nacional de Petróleo (ANP) mostram que os pagamentos do vale-gás nacional não impactaram os números de vendas do botijão. Assim, é possível entender que boa parte dos usuários usa a quantia para outros fins.

Vale-Gás

O Governo Federal iniciou os pagamentos do seu vale-gás nacional ainda no final do último mês de dezembro do ano passado. Na ocasião, apenas as pessoas que moravam em regiões fortemente atingidas pelas chuvas na Bahia e em Minas Gerais é que puderam receber a quantia.

Desde janeiro deste ano, a situação mudou. Dados do Ministério da Cidadania apontam que mais de 5 milhões de brasileiros entraram na folha de pagamentos do programa. Os números de novos usuários costuma variar de acordo com o mês de pagamento.

Entre os repasses de fevereiro e abril, por exemplo, estima-se que pouco mais de 200 mil famílias tenham perdido o direito de receber o dinheiro do vale-gás nacional. As informações de junho ainda não foram oficialmente divulgadas pelo Ministério.

Veja o calendário

  • 17 de junho: NIS final 1
  • 20 de junho: NIS final 2
  • 21 de junho: NIS final 3
  • 22 de junho: NIS final 4
  • 23 de junho: NIS final 5
  • 24 de junho: NIS final 6
  • 27 de junho: NIS final 7
  • 28 de junho: NIS final 8
  • 29 de junho: NIS final 9
  • 30 de junho: NIS final 0
4.3/5 - (6 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.