Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4/5 - (8 votes)

Retorno ao trabalho depois da licença-maternidade: Como lidar?

retorno ao trabalho depois da licença-maternidade pode ser um verdadeiro “monstro” para algumas mulheres.

Isso se deve ao fato de que a nova rotina, completamente diferente da anterior, pode ser um pouco (ou muito) assustadora.

Nesses casos, é preciso pensar estrategicamente sobre como retornar da melhor forma. Para isso, convidamos você para acompanhar as nossas sugestões de hoje. Acompanhe-nos!

Como lidar com o retorno ao trabalho depois da licença-maternidade?

Para lidar com o retorno ao trabalho depois da licença-maternidade é preciso partir de um bom planejamento. Sim, esse é um dos grandes segredos para minimizar os impactos emocionais provenientes desse retorno.

Abaixo você encontra algumas dicas que partem desse pressuposto:

1. Esteja preparada para delegar funções

A gente sabe que, em diversos momentos, o desejo de resolver tudo “sozinha” será maior. Afinal, queremos as coisas do nosso jeito, em determinadas situações, não é mesmo?

Porém, devemos deixar o orgulho de lado quando o retorno ao trabalho depois da licença-maternidade chegar. Para que assim seja viável delegar funções dentro de casa, a fim de impedir a nossa própria sobrecarga.

Por isso, foque em dividir as tarefas domésticas e até mesmo aquelas envolvidas com os cuidados com o bebê.

2. Fuja do sentimento de culpa – ele não faz sentido!

Em diversas situações, aquele sentimento de culpa poderá surgir em sua mente. É natural.

Ele é proveniente, em grande parte, dos tabus envolvidos com a maternidade e com as ações das mulheres, de uma maneira geral.

Até porque, de forma errônea, ainda existem muitos pensamentos que alegam que a mulher deva apenas ficar em casa, cuidando do filho. Mas isso não é verdade.

Inclusive, tenha em mente que essa breve ausência na vida do pequeno é o que o ajudará a ter mais independência e saúde emocional.

3. Encontre momentos, mesmo que curtos, para aproveitar seu filho

Ao invés de ter o dia todo para ficar com o seu filho de uma forma “fria” e sem qualidade, aproveite os poucos momentos com muita atenção.

Em outras palavras, transforme os momentos compartilhados em situações ricas em amor, carinho, atenção, aprendizagem, etc.

Pois, afinal, para a criança é mais valioso ter 1 hora de muita interação com você, do que um dia todo com você mantendo a sua mente “em outro lugar”.

4. Entre em contato com os seus colegas antes do retorno

Antes de o retorno ao trabalho depois da licença-maternidade realmente acontecer na prática, cogite conversar com os seus colegas de trabalho.

Eles poderão lhe contar as novidades do ambiente corporativo, e isso poderá ser interessante na hora de retornar com mais tranquilidade.

5. Tenha uma rede de apoio e trabalhe as suas emoções

Procure estabelecer e encontrar a sua rede de apoio. Pode ser o seu companheiro ou companheira, como também pode ser aquela amiga especial.

Em paralelo a isso, trabalhe as suas emoções e escute o que você sente. Converse com pessoas de confiança sobre as suas angústias e encontre, naqueles que você ama, um ombro amigo que possa ser útil nessa nova fase da sua vida.

 

Boa sorte no seu retorno ao trabalho depois da licença-maternidade e muito sucesso para você!

4/5 - (8 votes)
1 comentário
  1. Joseane Diz

    Amei… Estava precisando….parabens

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.