Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Primeira Guerra Mundial: o Tratado de Versalhes

Tratado de Versalhes: Um resumo

O Tratado de Versalhes é conhecido como o acordo que foi responsável por finalizar a Primeira Guerra Mundial.

O acordo, suas diretrizes e suas consequências aparecem com frequência nas principais provas de história do país. Assim, é fundamental que você domine tudo sobre esse assunto.

Tratado de Versalhes: Introdução

O Tratado de Versalhes foi um acordo de paz assinado entre os países vencedores da Primeira Guerra Mundial e a Alemanha, que foi derrotada. O processo de composição e assinatura do tratado se iniciaria em 11 de novembro de 1918, e seria finalmente concluído, com a assinatura dos participantes da Grande Guerra, em 28 de junho 1919.

A principal característica que é fortemente perceptível no Tratado de Versalhes é a presença do revanchismo francês. Ainda, o acordo foi responsável pela redefinição de alguns territórios europeus e pela criação da Liga das Nações.

Tratado de Versalhes: A assinatura

Ao todo, 27 países participaram das negociações do Tratado de Versalhes, incluindo o  Brasil. A Rússia não participou da assinatura do acordo, uma vez que havia deixado a Primeira Guerra Mundial no ano de 1917, através do tratado de Brest-Litovsk, em ocasião de sua Revolução.

Além disso, os Estados Unidos, um dos principais negociadores do Tratado, não ratificou o documento e não aderiu à Liga das Nações, realizando um acordo bilateral com os alemães através do Tratado de Berlim, em 1921. 

A Alemanha, país derrotado, foi considerada a principal culpada pela guerra. Assim, as punições mais pesadas couberam aos alemães.

Tratado de Versalhes: Características

Um dos característicos do Tratado de Versalhes foi o revanchismo francês, em que a França buscou se vingar da Alemanha pela derrota na Guerra Franco-Prussiana e pela disputa pela região de Alsácia-Lorena. Além disso, o Tratado de Versalhes atribuiu toda a culpa de guerra à Alemanha, e o país foi definido como único responsável pelos prejuízos causados. Dessa forma, os alemães deveriam reparar as nações envolvidas no conflito.

Sendo assim, a Alemanha deveria pagar pesadas indenizações anuais para os vencedores, o que levou o país a enfrentar uma crise econômica durante a década de 20. Além disso, cerca de 13% do seu território foi dividido entre os países vitoriosos. Outro fator relevante foi a desmilitarização do povo alemão, que não poderia mais possuir um grande exército em seu território.

Tratado de Versalhes: Consequências

O Tratado de Versalhes acabou adquirindo dimensões políticas, econômicos e militares. Podemos citar como algumas da principais consequências de suas diretrizes a criação da República de Weimar, na Alemanha, e, de certa forma, por criar o contexto que possibilitaria a ascensão de Adolf Hitler e do Nazismo, consolidada em 1933.

Historiadores afirmar que o Tratado de Versalhes teria sido o responsável por implantar as bases dos motivos que levariam à Segunda Guerra Mundial.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.