Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (2 votes)

Poupança: dicas para iniciar o seu planejamento financeiro

Muitos fatores impedem uma poupança, principalmente as crises financeiras. Confira dicas para iniciar o seu planejamento financeiro!

Muitos fatores impedem uma pessoa de elaborar uma poupança, principalmente as crises financeiras, crises pessoais e outros fatores externos não controláveis.

Dicas simples para o direcionamento da poupança através de um planejamento financeiro

No entanto, quando você negligencia a elaboração de uma poupança, você fica aquém de suas metas pessoais. Sendo assim, é importante que você faça um planejamento financeiro, ainda que seja algo resolutivo apenas em longo prazo.

Primeiramente, é importante que você entenda a poupança como um hábito. Sendo assim, coloque o foco nos seus hábitos para que você possa direcionar a sua poupança organicamente.

Faça uma espécie de mapeamento

Por isso, é importante que você faça uma espécie de mapeamento da sua situação financeira atual. Dessa forma, poderá verificar quais são os pontos passíveis de mudança dentro da sua rotina.

Por exemplo, você pode controlar seus gastos através de aplicativos de finanças ou ferramentas de gestão, como o Trello. Dessa forma, você irá verificar quais são as trocas possíveis dentro da sua rotina, como o cartão de crédito tarifado que pode ser trocado por uma opção sem anuidade.

Direcione os valores economizados para a poupança

Sendo assim, você deve direcionar os valores economizados para a poupança. Lembre-se de que em um primeiro momento você estará direcionando valores relacionados às suas economias, reforçando um novo hábito.

Por isso, adicione os valores economizados, ainda que sejam baixos. Além disso, você pode verificar as possibilidades dentro do seu planejamento financeiro.

Feirão Serasa Limpa Nome

Por exemplo, você pode renegociar dívidas através do Feirão Serasa Limpa Nome, que oferece descontos de até 90% para o endividado. Sendo assim, pode ser viável inserir as parcelas da renegociação no seu planejamento.

Todavia, essas parcelas são pontos de atenção, caso você tenha um volume elevado de dívidas. Sugerimos que realize acordos parciais para que posteriormente possa acordar o restante de suas dívidas.

Já que você corre o risco de criar um novo ciclo negativo de endividamento, ao tentar pagar suas dívidas. Por isso , seus acordos, bem como, seus novos hábitos devem ser direcionados de forma planejada.

Centralize seus gastos em um único cartão de crédito 

 Além disso, é importante que você centralize seus gastos em um único cartão de crédito e lembre-se de que cartão de crédito não é uma renda extra, e esses gastos devem estar dentro da sua rotina.

Caso você esteja com valores elevados no cartão de crédito, verifique a possibilidade de financiamento, porém, é importante que não utilize o cartão por um período, para que não perca o controle novamente. 

5/5 - (2 votes)

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.