Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.2/5 - (6 votes)

Pagamentos do Auxílio Brasil de R$400 começam HOJE; veja como acessar o aplicativo

O novo programa social usará a mesma base de dados do antigo Bolsa Família para creditar o pagamento nas contas dos beneficiários.

A partir desta quarta-feira (17), o Governo Federal dará início aos pagamentos do Auxílio Brasil. O novo programa social usará a mesma base de dados do antigo Bolsa Família para creditar o pagamento nas contas dos beneficiários. Na primeira rodada, carca de 14,6 milhões já inscritos terão acesso ao benefício.

Veja também: Auxílio Brasil de R$400: o que vai acontecer com o programa a partir de 2023

O cidadão que deseja consultar o seu cadastro, deve acessar o aplicativo do novo projeto de transferência de renda, disponível para download em sistemas Android e iOS. Veja como verificar abaixo:

  1. Procure pelo aplicativo Auxílio Brasil Caixa e clique em “Instalar”;
  2. Informe o CPF e a senha (a mesma usada nos sistemas de outros programas sociais);
  3. Caso não seja cadastrado, basta apertar a opção “Novo por aqui? Cadastre-se”;
  4. Feito isto, digite as informações solicitados para criar um login e uma senha.

Na plataforma, o beneficiário poderá consultar quanto e quando irá receber o abono. Vale salientar que não é possível se cadastrar no programa por meio do aplicativo. Neste caso, é necessário realizar uma inscrição no Cadastro Único em um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

Calendário do Auxílio Brasil

NIS final Data de pagamento
1 17 de novembro
2 18 de novembro
3 19 de novembro
4 22 de novembro
5 23 de novembro
6 24 de novembro
7 25 de novembro
8 26 de novembro
9 29 de novembro
0 30 de novembro

Atualização do CadÚnico será necessária

De acordo com a programação do Governo Federal, o novo benefício Auxílio Brasil deve entrar em vigor ainda em novembro. No entanto, um dos requisitos  principais para participar do programa social é estar inscrito no CadÚnico e com os dados devidamente atualizados.

O Auxílio Brasil é um novo programa social com investimento do governo Bolsonaro para desvincular o programa social, Bolsa Família. De acordo com o governo, o objetivo é turbinar o programa para melhor atender os beneficiários.

O novo benefício será destinado às famílias pobres e extremamente pobres que já participam da política pública e as que se encaixam nos critérios, mas ainda não são beneficiadas.  A previsão é que 17 milhões de pessoas sejam atendidas com mensalidades de R$ 400.

CadÚnico

Para se inscrever no CadÚnico e participar do novo programa social, as famílias devem atender alguns requisitos, como:

  • Ter renda per capita mensal de até meio salário mínimo (R$ 550) ou renda bruta mensal inferior ou igual a três salário mínimos (R$ 3.300).

Caso o cidadão já possua a inscrição, será necessário verificar se os dados estão atualizados. Lembrando que o Ministério da Cidadania recomenda que a atualização seja realizada a cada dois anos.

Desta forma, diante alguma alteração nas informações, como mudança de residência, estado civil do titular, ou nova fonte de renda por exemplo, o responsável pelo núcleo terá que comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) para fazer uma nova inscrição.

Na ocasião, o cidadão terá que apresentar a documentação necessária, tanto de sua titularidade quanto de cada membro da família. Confira a seguir:

  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • CPF;
  • Carteira de Identidade – RG;
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor;
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) – somente se a pessoa for indígena.

Inscrição no Auxílio Brasil

O fato é que o Governo Federal ainda não deixou muito claro como as inscrições do Auxílio Brasil irão funcionar. O que se sabe mesmo é que eles irão usar a base de dados do Cadúnico para definir quem são os beneficiários do programa.

De acordo com membros do Governo Federal, por esse motivo, milhares de pessoas estão correndo para os Centros de Referência em Assistências Social (CRAS). Boa parte deles estão querendo criar perfis no Cadúnico ou pelo menos atualizar os já existentes.

De qualquer forma, nada disso é feito através de um site. Quem quiser atualizar os dados do Cadúnico, aliás, vai ter que fazer isso de maneira presencial. É preciso, no entanto, pesquisar como funciona essa situação na sua cidade.

4.2/5 - (6 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.