Os índices oficiais do Banco Central do Brasil (BCB)

Saiba quais são os índices oficiais do Banco Central do Brasil (BCB) utilizados no Boletim Regional. Veja mais detalhes!

Conforme divulgação oficial do Banco Central do Brasil (BCB), as fontes e a metodologia de cálculo do índice de volume para os componentes citados dos índices apresentados no Boletim Regional são diversificados. 

Índices oficiais do Banco Central do Brasil (BCB)

Confira alguns dos principais índices, de acordo com informações divulgadas pela instituição na data desta publicação, 22 de fevereiro de 2022.

Pecuária

O indicador de volume é estimado usando a relação histórica entre o desempenho da atividade no Brasil e no local, de acordo com dados das CN e CR, em frequência anual, e uma proxy em frequência mensal para a pecuária nacional, calculada a partir das pesquisas da pecuária do IBGE. De forma complementar, são usadas informações das pesquisas da pecuária em nível local, informa o Banco Central do Brasil (BCB).

Construção 

Conforme informa o Banco Central do Brasil (BCB), o índice de volume é estimado a partir da evolução do emprego formal (Rais e Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – Caged/MTP), da massa salarial dos demais trabalhadores da construção (PNADC-T/IBGE), da produção da indústria de minerais não metálicos e da produção nacional de insumos típicos da construção civil –Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF)/IBGE.

Atividades profissionais, científicas e técnicas, administrativas e serviços complementares

Conforme informa o Banco Central do Brasil (BCB), este índice é estimado pelo volume de serviços profissionais, administrativos e complementares (Pesquisa Mensal de Serviços – PMS/IBGE) e pela população ocupada nos serviços tipicamente prestados a empresas (PNAD/IBGE, PNADC-T/IBGE, Rais/MTP e Caged/MTP). 

Sendo assim, para fins de agregação da população, os serviços foram classificados em baixo e alto valor adicionado, calculados a partir da Pesquisa Anual de Serviços(PAS)/IBGE. 

Índice de volume da produção industrial 

Adicionalmente, para os estados de SP e RJ, dada a existência de uma relação positiva e significante entre os serviços profissionais e a produção industrial local, o índice de volume da produção industrial também é considerado no cálculo da economia.

Educação e saúde privadas

A estimativa relativa à educação considera o número de matrículas na rede privada, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

De acordo com o Banco Central do Brasil (BCB) para saúde, é usado o tempo total de internações e a produção ambulatorial nos hospitais privados, divulgados mensalmente pelo Ministério da Saúde (Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde – Datasus).

Administração, defesa, saúde e educação públicas e seguridade social 

O indicador de volume é estimado usando a relação histórica entre o desempenho da atividade no Brasil e no local, de acordo com dados das CN e CR, em frequência anual. A partir dessa relação e das Contas Nacionais Trimestrais, obtém-se estimativas em frequência maior e para períodos em que as CR não estão disponíveis.

O Banco Central do Brasil (BCB) informa que são consideradas a Pesquisa Trimestral do Leite, Produção de Ovos de Galinha e Pesquisa Trimestral do Abate de Animais. Além disso, também é considerado o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do MTP. Para regiões e estados em que não há informação da PMS/IBGE para a atividade, o Banco Central do Brasil (BCB) utiliza o indicador nacional.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.