Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

O que é preciso para ter uma startup?

Conheça esse modelo de negócio e veja como começar

As startups são modelos de negócio relativamente novos e, por isso, ainda causam muita curiosidade entre os empreendedores que querem conhecer este novo formato. Por isso que hoje, nós vamos dar informações para que você saiba mais sobre elas, bem como indicar o que é preciso para ter uma startup.

Saiba o que é preciso para ter uma startup -- Reprodução Canva
Saiba o que é preciso para ter uma startup — Reprodução Canva

Para instigar ainda mais a sua curiosidade, informamos que empresas como a Amazon, Apple, Microsoft, Google e o Facebook tiveram o seu início como uma startup! Assim, continue lendo e saiba tudo sobre o assunto!

O que é uma startup?

Startup é um termo inglês que significa, em tradução livre, “ato de começar algo”, sendo utilizado para definir empresas jovens ou recém-criadas e que têm grandes probabilidades de crescimento.

O que é uma startup?

Startup é um termo inglês que significa, em tradução livre, “ato de começar algo”, sendo utilizado para definir empresas jovens ou recém-criadas e que têm grandes probabilidades de crescimento.

Este tipo de negócio inicia na busca de capital e, para tanto, se utiliza de tecnologias digitais para seu crescimento e financiamento. As startups buscam trazer soluções novas para velhos problemas, ou seja, fazem uso de ideias inovadoras para resolver dificuldades dos seus clientes.

Quais são as características específicas de uma startup?

Para ser uma startup, a empresa precisa apresentar as seguintes características:

  • Ser um negócio jovem: ou seja, está no início de suas operações e tem a necessidade de evoluir para se tornar uma empresa de sucesso.
  • Ser escalável: tem capacidade de progredir em termos de geração de lucros de forma rápida sem que, para isso, sejam feitos gastos extras. Assim, o negócio investe em produção e vendas, sem aumentar os custos. São empresas pequenas que possuem lucros incríveis!
  • Ser tecnológica: utiliza a tecnologia para produzir ideias inovadoras e tem grande disponibilidade para inovar e atender as necessidades e demandas.
  • Ser econômica: possuem custos reduzidos em comparação com os lucros adquiridos. 
  • Ser disruptiva: rompem com os padrões das empresas tradicionais em qualquer área: tipo de atendimento, formação dos preços e entrega dos serviços. É a fuga do mercado tradicional para inovar.
  • Ser inovadora: estes negócios tem como palavra-chave a inovação. Procuram apresentar soluções criativas para situações que sempre existiram, mas não eram utilizadas pelo mercado.

Dicas para ter uma startup de sucesso

Apresentaremos na sequência algumas dicas valiosas para conseguir ter uma startup de muito sucesso:

1ª Dica: Tenha uma boa ideia

Essa ideia precisa estar adequada para se transformar em uma solução inovadora para problemas já identificados. Procurar lançar no mercado algo que já existe não faz parte da proposta deste modelo de negócio.

2ª Dica: Torne válida a sua ideia

Para isso, verifique no mercado se já existe esta ideia que você está propondo. Além disso, converse com pessoas para perceber se a ideia seria aceita pela clientela. Vá para feiras e eventos do setor e obtenha muitas informações sobre a sua ideia.

3ª Dica: Junte um grupo de pessoas que possam ajudar a colocar a ideia em prática

Aqui vale o ditado: “Várias cabeças pensam melhor do que uma só.” Por isso, procure por pessoas que complementam as suas habilidades e tenha profissionais responsáveis pelos quatro setores de uma startup: gestão, tecnologia, operação e vendas.

4ª Dica: Mantenha sempre o diálogo com os sócios

Mantendo o diálogo você evitará que haja mal-entendidos, o que, em muitas situações, pode levar a startup fechar as portas. Assim, deixe claro quais são as funções de cada um na empresa e mantenha a conversa respeitosa e cordial em qualquer ocasião.

5ª Dica: Passe para a fase de testes o quanto antes conseguir

A fase de testes normalmente é feita em escala reduzida de produção. Assim, isso possibilita o entendimento de que a ideia terá aceitação no mercado e se, de fato, tem potencial para ser lucrativa.

6ª Dica: Comece a realmente medir todos os resultados

Ter essa precisão sobre os resultados é necessário para evoluir no mercado e identificar se os objetivos estão sendo atingidos. Porém, para isso, você precisa avaliar essas respostas às decisões feitas, para ter certeza de que o seu negócio será assertivo e trará bons lucros. Caso contrário, você pode estar realizando adaptações para fazer lucrar o seu empreendimento.

7ª Dica: Procure apoio financeiro indo até às incubadoras de ideias

Se todas as dicas anteriores já estão superadas, então será preciso seguir e procurar apoio com empresas chamadas incubadoras ou aceleradoras, que possuem programas específicos para startups.

Além disso, aposte em mentorias e suporte financeiro para alavancar a sua empresa.

Na sequência, você pode captar investidores, definir a cultura da sua empresa, além de trabalhar para que a startup se expanda no mercado.

Aposte em uma startup e tenha a certeza de que o seu negócio é inovador!

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.