Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

O que é autogestão emocional? Entenda aqui!

A autogestão emocional é muito importante na vida de todas as pessoas. Entenda mais sobre esse conceito.

Você sabe o que é autogestão emocional? Não? Então talvez este seja um bom momento para pensar sobre o assunto. 🙂

Afinal, a autogestão pode trazer muitos benefícios para a vida de qualquer pessoa, tendo em vista que, em essência, ele parte do pressuposto do autoconhecimento.

Por isso, neste conteúdo pretendemos tirar as suas principais dúvidas sobre o assunto. Acompanhe para saber mais!

O que é autogestão emocional?

Em linhas gerais, podemos dizer que a autogestão emocional nada mais é do que a capacidade de gerir as suas reações diante dos gatilhos emocionais. Isto é, você consegue controlar como irá reagir quando alguma coisa não acontecer de um modo que você desejava.

Por exemplo, ao invés de “xingar” o seu chefe, de maneira impulsiva, quando ele não reconhece o seu trabalho ou lhe acusa injustamente, você aprenderá a lidar com essa frustração e saberá agir de forma mais equilibrada. Ou seja, irá pensar sobre os seus argumentos antes de simplesmente despejar as suas frustrações em palavras.

Outro exemplo seria perder o emprego: o gatilho emocional da perda pode ser muito forte para algumas pessoas. Entretanto, com a autogestão emocional aflorada, essa pessoa que perde o emprego não irá se sentir desesperada e tampouco xingará a empresa, sem pensar no depois. Mas sim, refletirá sobre a situação com mais cautela, pensando em soluções plausíveis.

Em suma, portanto, podemos dizer que a autogestão das emoções garante menos arrependimentos e mais equilíbrio diante das adversidades da vida.

Qual a importância dessa autogestão?

Como vimos acima, a autogestão das emoções é responsável por nos ajudar nos momentos mais difíceis e complicados de nossas vidas.

É ela quem irá nos dar o equilíbrio necessário para que pensemos sobre as situações de uma maneira mais realista e racional, impedindo que a emoção desequilibrada faça-nos agir de maneira impulsiva.

Assim, consequentemente conseguimos uma vida mais saudável e reduzimos as chances de cometer aqueles erros que podem nocivos, pois partem das emoções mal elaboradas.

É possível desenvolver a autogestão emocional?

Sem dúvidas. Porém, é preciso querer. Isso porque a autogestão das emoções não é algo que se aflora da noite para o dia. É necessário dedicação, autoconhecimento e persistência.

Você precisa começar a, antes de qualquer coisa, dar mais atenção ao que sente. Apenas dessa forma é que você conseguirá mensurar o que é de acordo com a realidade e o que tem sido irracional.

Além disso, reconhecer os seus limites também é importante, pois assim você impede que haja exposições exageradas aos gatilhos emocionais. Afinal, se não tem necessidade, para que ficar “forçando a barra”, certo? Respeite os seus limites.

Do mesmo modo, através da psicoterapia você poderá reconhecer melhor o que sente, trazendo para o campo das palavras. Até porque, convenhamos, nem sempre conseguimos descrever o que sentimos, certo? Por isso, a terapia pode ser uma boa forma de desenvolver a autogestão emocional.

Use-a ao seu favor e estimule a sua saúde mental dessa maneira. Bom autoconhecimento para você! 🙂

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.