Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Novos valores para benefícios do Bolsa Família em 2021; confira

Atualmente, o valor médio do Bolsa Família equivale a R$ 192, e com as novas implementações, não só o valor, mas outras condições também devem ser alteradas.

O Bolsa Família (BF) atualmente atende mais de 14 milhões de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. O programa social deve passar por uma reformulação que deve ter como uma de suas novas medidas, a ampliação da média do benefício para R$ 300, segundo o presidente Jair Bolsonaro.

Atualmente, o valor médio do Bolsa Família equivale a R$ 192, e com as novas implementações, não só o valor, mas outras condições também devem ser alteradas. De acordo com a equipe da Cidadania, o novo programa deve entrar em vigor a partir de novembro.

Estrategicamente, a previsão de lançamento está após o pagamento da prorrogação do auxílio emergencial 2021. Diante disso, o ministro da Cidadania, João Roma, afirma que com o fim do coronavoucher o novo Bolsa Família será colocado.

“Já em novembro, fortalecido e ampliado, para que os brasileiros possam avançar cada vez mais, não só com o suporte do Estado brasileiro nesse momento de vulnerabilidade, mas também com todos os auxílios para eles poderem vencer e avançar na sua qualidade de vida”, declarou.

As alterações devem ser implementadas até dezembro deste ano, visto que o ano de 2022 é eleitoral. Por lei, nenhuma ação dessa espécie pode ser aplicada em um ano de eleição. Desta forma, caso não ocorra essa reformulação em 2021, o projeto só será aplicado se Bolsonaro for reeleito.

Embora as expectativas de lançamento estejam para novembro, o Governo Federal ainda não determinou o novo valor para o programa social. O ministro da Economia, Paulo Guedes, argumenta que a quantia devia ser definida em R$ 250, e não em R$ 300, como defende o presidente da república.

Pagamento de benefícios em dobro

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou a proposta que permite dobrar os valores dos benefícios fixo, variável e variável jovem. A medida deve perdurar até o fim da pandemia da Covid-19.

A autora do texto, a deputada Jandira Feghali, substituiu o Projeto de Lei 681/20, criado pela deputada Natália Bonavides que propõe a ampliação dos benefícios do Bolsa Família. Conforme a concessão, serão alterados:

  • Benefício básico (famílias em situação de extrema pobreza): passará de R$ 89,00 para R$ 178,00;
  • Benefício variável (famílias com gestantes, lactantes, crianças entre 0 e 12 anos ou adolescentes de até 15 anos): passará de R$ 41 para R$ 82,00; e
  • Benefício variável (famílias com adolescentes entre 16 e 17 anos): passará de R$ 48,00 para R$ 96,00, limitado até dois benefícios por família.

Veja também: Auxílio emergencial 2021: veja quem pode receber retroativo de R$ 3 mil

8 Comentários
  1. Suzana Diz

    Eu tenho dois filhos e só recebo 82 reais pensei que eu ia ganhar até mais de 100 pelo menos não sei o porq de tão pouco

  2. Batista Diz

    Que mentira danada e essa o bolsa família é ulma porcaria . Só dar pra comprar um quilo de carne ..tem gente q ganha um pouco a mais mais mesmo asim não dar pra comprar nem um gás. Que povo mentiroso e esses político

  3. Lucia ebsen Diz

    Eu to recebendo 90 reais não trabalha pois tenho depressão tomo remédio muito forte vivo com ajuda dos vizinhos familiares e amigos ,

  4. Vagner Diz

    O valor do bolsa família nunca foi 172 nem 190 o valor sempre dói 130 para onde realmente vai o restante? Na verdade o restante todos nós já sabemos para onde vai, ou seja para o bolso de políticos que ganham absurdamente bem pra fazer nada enquanto milhões de pais de família ganha uma miséria que dá pra pagar somente um botijão de gás e nosso alimento com fazemos pra nós alimentar pagar água energia e aluguel e o leite e a massa das crianças pq trabalho não estamos encontrando. Esse é o nosso país .tenho uma proposta pra esses governantes caras de pau. Vivam com pelo menos um salário mínimo pra ver se vcs conseguem já que estão achando o bolsa família muito. hipócritas

  5. Carla samara Diz

    Só mãe chefe de família tenho uma bebe de 1 ano e so recebo 130..moro de aluguel..

  6. ADEMIR ACIOLI DA SILVA COSTA Diz

    O bolsa familia nunca foi 172 recebo 130 com uma crianca de 2 anos semore foi isso pira onde vai i restante em um valor que nen da pra alinenta uma crianca com leite e massa uma vergonha o novo valor de auxilio piorou de uma pessoa ganha 150 porque uma familia com 3 ganha 250 o cwero era 300 ne maa isso e Brasil queria ver a familia de um deputado sobrevivendo cim um dinheiro desse

  7. ADEMIR ACIOLI DA SILVA COSTA Diz

    O bolsa famulia nunca foi 172 recebo 130 cim uma crianca de 2 anos semore foi isso pira onde vai i restante em um valor que nen da pra alinenta uma crianca cim lwite e massa uma vergonha o novo valor de auxilio piorou de uma pessoa ganha 150 porque uma familia cim 3 ganha 250 o cwero era 300 ne maa isso e Brasil queria ver a familia de um deputado sobrevivendo cim um dinheiro desse

  8. Solange Diz

    O.bolsa família nunca foi 192 reais eu recebo 130 com uma criança de 1 ano moro em invasão mal consigo comer to sobrevivendo com o auxílio

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.