Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Como manter a calma diante de um imprevisto?

Manter a calma diante de um imprevisto nem sempre é fácil. Dependendo da situação, o estresse ou a ansiedade podem operar de uma forma intensa.

Porém, ter a consciência de que nem sempre teremos o controle de tudo e de que é preciso se preparar para esses momentos é uma forma de minimizar os efeitos dos contratempos. Apesar de ainda sentirmos angústia quando eles aparecem, compreender que o que está ao nosso alcance nós fazemos, pode ajudar a tirar uma “pressão” de cima da gente.

Quer refletir mais sobre esse assunto e entender outros fatores que podem ajudar? Confira este conteúdo.

Como manter a calma diante de um imprevisto?

Vale ressaltar que não existe uma fórmula mágica para manter a calma diante de um imprevisto. O que existem são atitudes que podem ser relevantes. Porém, ainda assim é necessário avaliar cada caso de forma subjetiva e singular, garantindo que você tome medidas que realmente façam sentido para você.

Portanto, faça sempre a sua autoanálise e tente entender as suas emoções na hora de lidar com um contratempo.

1. Cuidado com o comportamento impulsivo – uma pausa pode ajudar

Muitas vezes, um imprevisto pode ser o estopim para um comportamento impulsivo. Isto é, quando algo dá errado e nós simplesmente agimos, seja brigando com alguém ou tomando uma decisão impensada, podemos colocar mais “pedras” no nosso caminho. Por isso, é interessante dar uma pausa quando o problema surgir e o pico de estresse for evidente.

2. Só tente resolver quando estiver mais tranquilo

Algumas situações exigem atitudes quase que imediatas, a gente sabe. Porém, se existe a possibilidade de resolver o problema um pouco mais tarde, quando você estiver mais tranquilo, considere optar por isso. Dessa forma você poderá “digerir” o que aconteceu, visando tomar decisões e atitudes que sejam mais saudáveis e equilibradas.

3. Veja se há a possibilidade de remanejar algo na sua agenda

Considere remanejar alguma coisa na sua agenda. Afinal, muitas vezes é difícil manter a calma diante de um imprevisto porque a agenda tende a ficar mais apertada, devido ao acontecimento inesperado. Assim sendo, conversar com as outras pessoas e negociar alguns prazos pode ajudar. Tente não bancar o “super herói” que é capaz de concluir tudo mesmo quando algo atrapalha consideravelmente.

4. Tente entender um pouco mais as suas emoções

Escutar as emoções e buscar compreendê-las também é relevante. Permita-se sentir o que a sua mente está lhe dizendo. Será que você está frustrado? Ou se irritou? A sensação é de cansaço? Ou de perda de controle? Analisar o que sentimos pode nos ajudar a tomar decisões mais equilibradas.

Por exemplo, o cansaço pode ser vencido com uma pausa e descanso; a irritação pode ser vencida quando nos permitimos viver a emoção, deixando-a sair pouco a pouco. Enfim!

Analisar as emoções e buscar formas de entendê-las, não negligenciando-as, pode ajudar a manter a calma diante de um imprevisto.

Considere se preparar melhor para os imprevistos

Considere, por fim, preparar-se para os imprevistos. Isto é, construa uma agenda mais flexível, evite o excesso de atividades em um dia e seja mais gentil consigo mesmo. Cuide-se!

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.