Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Quais os malefícios das microdecisões desnecessárias?

Os malefícios das microdecisões desnecessárias podem ser bastante notórios se paramos para pensar sobre eles. Isso porque, em um primeiro momento, as microdecisões podem parecer algo muito superficial e simples. Porém, nos esquecemos de levar em conta o agregado disso tudo: afinal, se passarmos o dia inteiro tomando decisões pequenas, mas desnecessárias, como estaremos no fim do dia?

É sobre isso que começamos a refletir com este conteúdo. Confira!

Quais os malefícios das microdecisões desnecessárias?

Os malefícios das microdecisões desnecessárias podem ser diferentes para cada pessoa. Por isso, não entenda os apontamentos abaixo como algo que deve ser taxativo. Apenas reflita com a gente e pense até que ponto as considerações podem ou não fazer sentido para você:

1. Gasto de energia mental

Cada decisão que tomamos no dia a dia, seja ela pequena ou grande, gera um gasto de energia mental. Se você já havia separado a tarefa X para fazer às 8h da manhã, mas se questiona se isso realmente é bom e precisa tomar essa microdecisão, você está gastando energia mental. E mais: pode estar gastando uma energia que seria usada para executar e terminar a tarefa mais rápido.

Por isso, precisamos manter o equilíbrio na hora de tomar as nossas decisões, por mais “bobas” que elas possam parecer. Cuidado.

2. Aumento da sensação de cansaço

A sensação de cansaço, obviamente, tende a aparecer mais facilmente quando estamos cheios de microdecisões. Ainda mais se essas decisões estiverem sendo “retomadas”, como no exemplo que demos acima. Sendo assim, você poderá começar a ter uma diminuição na produtividade por, justamente, fazer com que o seu cérebro acabe ficando um pouco mais cansado do que realmente precisa estar.

3. Sensação de sobrecarga

A sensação de sobrecarga está lado a lado com o gasto de energia e a sensação de cansaço. Se precisamos tomar muitas decisões pequenas ao longo do dia e o tempo todo, podemos ter a sensação de que estamos exigindo demais de nós mesmos. E essa sensação pode começar a causar malefícios na nossa rotina de trabalho e estudos. Por isso é tão importante cuidar da forma como decidimos.

Afinal, decidir se você vai ou não vai pegar o celular para olhar as notificações, enquanto sabe que deveria estar fazendo outra coisa, pode gerar estresse e sobrecarga. Isso tudo sem contar que o nosso cérebro pode começar a criar justificativas para que possamos procrastinar. Fique atento!

4. Diminui o foco e a concentração

Pensar em mexer em uma rede social, conversar com um amigo ou simplesmente pausar o trabalho sem necessidade, pode causar uma diminuição no foco e na concentração. Afinal, ao invés de focar no que deve ser executado, você pode fazer com que a sua mente fique pensando em coisas aleatórias, como: será que eu começo agora? E se eu deixar para depois? É muito ruim fazer em outro momento?

Perceba que são decisões pequenas, mas que podem atrapalhar na hora de manter as suas prioridades, organizar a sua agenda e garantir a conclusão de uma série de tarefas.

Fique atento a isso e comece a tomar decisões que realmente façam uma diferença positiva na sua vida. E lembre-se: planejar-se previamente pode ajudar bastante. 🙂

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.