Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.6/5 - (14 votes)

INSS: Segurados já podem consultar extrato com valor reajustado

O INSS ainda adicionou o dia em que o abono será repassado no extrato de todos os beneficiários, o que costuma ocorrer nos dias finais de cada mês. Desta forma, é possível que nem todos consigam visualizar a consulta.

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já podem consultar os seus extratos com o benefício reajustado. Embora a autarquia não tenha iniciado os novos pagamentos com os valores corrigidos, alguns segurados já tiveram os extratos disponibilizados.

Veja também: Governo anuncia aumento no teto do INSS em 2022; Saiba o que muda

O INSS ainda adicionou o dia em que o abono será repassado no extrato de todos os beneficiários, o que costuma ocorrer nos dias finais de cada mês. Desta forma, é possível que nem todos consigam visualizar a consulta.

Todavia, como os dados são colocados aos poucos no sistema, alguns cidadãos já podem realizar a consulta. Vale ressaltar que os extratos que detalham os descontos relativos ao Imposto de Renda e outros, podem ser visualizados no site e no aplicativo “Meu INSS”, disponível gratuitamente para Android e iOS.

De acordo com a autarquia, cerca de 36 milhões de cidadãos recebem o benefício da previdência. Desse total, 23.463.947 recebem o salário mínimo (R$ 1.212) e 12.110.325 ganham acima do piso nacional.

Vale salientar que o reajuste foi se 10,16% baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). O novo percentual gerou um novo teto para o INSS, agora, de R$ 7.087.

Prova de vida do INSS pode deixar de ser obrigatória em 2022

A prova de vida do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pode deixar de ser exigida. Está em trâmite na Câmara dos Deputados um Projeto de Lei que visa acabar com a ação comprobatória que garante a manutenção do benefício destinado aos aposentados e pensionistas da autarquia.

Dispensa da Prova de vida: Entenda a proposta

O Projeto de Lei 2696/21 é de autoria do deputado Pompeo de Mattos. O texto visa alterar a Lei Orgânica da Seguridade Social, em que, segundo o parlamentar, garante que o INSS tenha acesso a todos os dados e informações concernentes aos segurados.

“Diminuir as ações burocráticas, como a comprovação de vida, parece atitude mais prudente se consideramos inclusive a maior vulnerabilidade de saúde dessas pessoas, na grande maioria idosos”, disse o deputado.

Neste sentido, Mattos questiona que a prova de vida acaba se tornando um drama para boa parte dos beneficiários da Previdência e de outros regimes. No mais, o deputado informou que a legislação estabeleceu que a comprovação por meio do procedimento cabe as instituições financeiras.

“Quando precisam fazer a comprovação de vida, os idosos são submetidos a longas filas, aglomerações, gente sem máscara, riscos de contrair o novo coronavírus, pedintes e golpistas em portarias das agências financeiras, considerando que a grande maioria de aposentados no Brasil são pessoas simples sem acesso expressivo às tecnologias de aplicativos de internet”, finalizou o parlamentar.

3.6/5 - (14 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.