Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.7/5 - (4 votes)

INSS libera Auxílio-Doença sem necessidade de Perícia Médica

Os segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) poderão solicitar o Auxílio por Incapacidade Temporária (Auxílio-Doença) sem a necessidade da Perícia Médica presencial.

Os segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) poderão solicitar o Auxílio por Incapacidade Temporária (Auxílio-Doença) sem a necessidade da Perícia Médica presencial.

As solicitações podem ser feitas tanto em novos casos quanto pelas pessoas que já haviam agendado a perícia. Vale lembrar que, em casos de perícia já agendada, os segurados devem se atentar ao prazo de emissão dos documentos, como laudo e atestado, pois não podem ultrapassar 30 dias da data marcada pela opção de análise documental.

Como solicitar o Auxílio-Doença pelo celular?

O segurado pode realizar o cadastro da documentação exigida por meio do aplicativo Meu INSS ou pelo site do INSS.

Para dar início ao procedimento, basta acessar a página inicial dos programas e clicar em “Agendar Perícia” e, em seguida, “Perícia Inicial”. Ao acessar a aba de perícia, siga as instruções da plataforma.

Após concluir o procedimento e o beneficiário ser aprovado para fazer sua análise documental pela Perícia Médica, aparecerá em uma tela as opções de melhor local para o recebimento dos valores do benefício.

Vale salientar que para receber o benefício através da modalidade de análise documental, é necessário que o trabalhador resida em localidade em que o tempo entre agendamento e a perícia médica seja superior que 30 dias.

Além disso, para ser beneficiado pelo Auxílio-Doença, o laudo ou atestado médico não pode conter rasuras e dever ser totalmente legível. No documento é necessário constar as seguintes informações:

  • Nome completo do segurado;
  • Data de emissão do documento;
  • Informações sobre a doença ou CID (Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde);
  • Assinatura e carimbo do médico com o registro do Conselho de Classe;
  • Data de início e prazo estimado do afastamento.

Prazo para análise e aprovação do Auxílio por Incapacidade Temporária

O INSS têm o prazo de 90 dias para a realização da análise e liberação do auxílio. Para a solicitação de um novo auxílio, o segurado deve aguardar 30 dias desde a última solicitação.

3.7/5 - (4 votes)
1 comentário
  1. Alexandre Diz

    Como posso fazer a prorrogação agora não tenho muito acesso a Internet como fica a minha situação tenho ligar pra o 135 15 dias para vencer meu beneficio

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.