INSS está convocando segurados para antecipação de perícias para BPC; fique atento a este número de telefone

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está realizando a convocação de nove mil segurados que aguardam há mais de 100 dias pela perícia médica para concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas) para pessoas com deficiência. O objetivo é antecipar o procedimento e agilizar o atendimento para esse público. O INSS adotou diferentes canais de comunicação para informar sobre o agendamento das perícias, incluindo telefone, aplicativo Meu INSS, e-mail, SMS e até mesmo o contato por meio de números específicos.

A Convocação Antecipada do INSS

De acordo com o INSS, a convocação antecipada deve ao alto número de faltas nos agendamentos. Dos 341 seguros que tiveram a perícia remarcada, apenas 91 compareceram. Para evitar que os segurados percam a oportunidade de realizar uma perícia médica, o INSS tem intensificado a comunicação, utilizando diferentes meios para avisar sobre o agendamento do atendimento.

Comunicação por Telefone, Aplicativo e E-mail

O INSS realizou o contato com os segurados por telefone, por meio do número (11) 2135-0135. Além disso, o aviso também é enviado pelo aplicativo Meu INSS, que é uma ferramenta digital que permite ao seguro acessar informações e serviços relacionados ao INSS de forma rápida e prática. Os segurados também estão sendo informados por e-mail, a partir do endereço noreply@inss.gov.br .

Aviso por SMS

Outra forma de comunicação utilizada pelo INSS é o envio de mensagens de texto por SMS. Os segurados recebidos estão avisos de agendamento de perícia pelos números 29230, 27030, 92716, do Ministério do Desenvolvimento Social, e pelo número 28041, do INSS. Essa diversidade de canais de comunicação visa alcançar a segurança de diferentes maneiras, facilitando o acesso às informações e evitando que você perca a oportunidade de realizar uma perícia.

Documentos necessários para a Perícia Médica

No momento da perícia médica, é importante que a segurança esteja munida de todos os documentos necessários. Entre os documentos que devem ser apresentados estão: atestados médicos, resultados de exames, laudos, receitas e demais documentos que podem auxiliar o médico perito na avaliação. Além disso, é necessário apresentar um documento de identificação com foto. É importante ressaltar que a não comparação com a assistência médica pode resultar em resistência ou inadimplência do pedido de benefício.

Resultado da Perícia

O resultado da perícia médica estará disponível online após as 21 horas do dia em que o atendimento foi realizado. Caso o resultado não seja disponibilizado dentro desse prazo, a orientação é entrar em contato com a Central 135 para obter mais informações.

Quem Tem Direito ao BPC/Loas?

O Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas) é destinado a pessoas com deficiência que tenham uma renda familiar per capita de até ¼ do salário-mínimo, ou que equivale a R$ 330. Para receber o benefício, não é necessário ter contribuído para o INSS. O valor do benefício é de um piso nacional, atualmente fixado em R$ 1.320. É importante destacar que o BPC/Loas não inclui o 13º salário e não pode ser convertido em pensão por morte.

Benefício Destinado a Pessoas com Deficiência 

O INSS está empenhado em antecipar as perícias médicas para a concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas) para pessoas com deficiência. A convocação antecipada visa agilizar o atendimento e evitar faltas nos agendamentos. O Instituto tem utilizado diferentes canais de comunicação, como telefone, aplicativo Meu INSS, e-mail e SMS, para informar os seguros sobre o agendamento da perícia. É fundamental que os seguros sejam preparados com todos os documentos necessários no momento da perícia médica. O resultado da perícia estará disponível online e, em caso de dúvidas, é possível entrar em contato com a Central 135. O BPC/Loas é destinado a pessoas com deficiência que atendem aos requisitos de renda estabelecidos, e é importante ressaltar que o benefício não inclui o 13º salário e não é convertido em pensão por morte.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.