INSS: BOA NOTÍCIA para quem pretende solicitar o SALÁRIO MATERNIDADE

O Salário Maternidade é um benefício importante concedido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) aos contribuintes que precisam se afastar de suas atividades profissionais devido ao nascimento de um filho, bem como uma adoção. Ou ainda, guarda judicial ou aborto natural.

INSS: BOA NOTÍCIA para quem pretende solicitar o SALÁRIO MATERNIDADE

A boa notícia é que agora é possível solicitar o Salário Maternidade de forma gratuita pela internet, tornando o processo mais prático e conveniente. No entanto, é crucial seguir corretamente as orientações do INSS e responder às perguntas de maneira apropriada para garantir a aprovação do pedido. Entenda as diretrizes fornecidas pelo INSS para garantir que você saiba exatamente o que fazer para obter o seu Salário Maternidade aprovado.

Prepare-se para o pedido do Salário Maternidade

Antes de iniciar o processo de solicitação do Salário Maternidade, é importante estar ciente de alguns requisitos essenciais e documentos que você precisará providenciar. Segundo o INSS, para ter o pedido aprovado, você deve:

Responder afirmativamente à pergunta sobre o afastamento da atividade quando do nascimento da criança. Uma vez que, caso sua resposta seja negativa, o pedido será automaticamente negado.

Anexar documentos que comprovem a necessidade do auxílio, tais como certidão de nascimento da criança, documentos pessoais e um comprovante de endereço.

Lembrar que o pedido do Salário Maternidade não precisa ser feito por trabalhadoras com carteira assinada. Já que o pagamento do benefício é de responsabilidade do empregador.

Entenda os critérios de elegibilidade

O Salário Maternidade é um auxílio pago por um período de 120 dias, destinado principalmente às mulheres, mas também disponível para homens em certas situações. Em suma, esse benefício é concedido quando ocorre o afastamento das atividades profissionais devido a nascimento do filho ou aborto não-criminoso.

Adoção, com a exigência de apresentar a nova certidão de nascimento expedida após a decisão judicial.
Guarda judicial para fins de adoção de menor de até 12 anos, sendo necessário apresentar o Termo de Guarda que indique que a guarda se destina à adoção.

Como solicitar o salário maternidade de forma online?

A solicitação do Salário Maternidade pode ser feita diretamente da sua casa, sem a necessidade de visitar uma agência do INSS. Siga os passos a seguir para concluir o pedido:

  • Acesse a plataforma oficial “Meu INSS”.
  • Faça login em sua conta gov.br, ou crie uma conta se ainda não a tiver.
  • Selecione “Novo Pedido” e inicie o processo.
  • No campo de pesquisa, digite “salário-maternidade urbano” e selecione o serviço correspondente na lista disponível na tela.
  • Leia atentamente o texto que aparece na tela e siga as instruções fornecidas para completar a solicitação.

Lembre-se de fornecer todas as informações solicitadas com precisão e de anexar os documentos necessários conforme mencionado anteriormente. Certamente, isso aumentará as chances de ter seu pedido de Salário Maternidade aprovado de forma rápida e eficiente.

INSS: BOA NOTÍCIA para quem pretende solicitar o SALÁRIO MATERNIDADE
INSS: BOA NOTÍCIA para quem pretende solicitar o SALÁRIO MATERNIDADE. Imagem: Canva

Um relevante benefício para as famílias brasileiras

De modo geral, o Salário Maternidade é um benefício vital para mães e pais que precisam se afastar de suas atividades profissionais devido a eventos relacionados ao nascimento, adoção, guarda judicial ou aborto não-criminoso.

Com as orientações do INSS e a conveniência de poder solicitar o benefício pela internet, o processo se torna mais acessível e prático. Contudo, lembre-se de seguir corretamente as etapas mencionadas para garantir que seu pedido seja aprovado e que você receba o suporte necessário durante esse período importante em sua vida.

Tenha cuidado com golpes que envolvam o INSS e seus serviços virtuais. Acesse sempre os canais oficiais da instituição. Caso tenha dúvidas, busque por fontes confiáveis, além de conversar diretamente com o setor de Recursos Humanos da empresa na qual trabalha. Desse modo, poderá elevar sua segurança quanto aos seus direitos trabalhistas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.