Governo decide antecipar calendário do Pix Caminhoneiro. Veja novas datas

De acordo com informações da imprensa, Governo Federal deverá antecipar os calendários do Pix Caminhoneiro e do auxílio-taxista

O Governo Federal decidiu antecipar o calendário de pagamentos do programa Pix Caminhoneiro. Agora o plano é pagar o saldo de R$ 1 mil para todos os usuários já no próximo dia 18 de outubro, e não mais no dia 22, como estava previsto anteriormente. O benefício em questão faz repasses para quase 300 mil motoristas de todas as regiões do país.

A mudança no calendário, aliás, vale não apenas para o Pix Caminhoneiro, mas também para o auxílio-taxista. Embora sejam programas com lógicas e públicos diferentes, o fato é que eles passarão a ter um mesmo calendário a partir de outubro. O projeto para motoristas de táxi também faz liberações de R$ 1 mil por usuário.

As mudanças no calendário são apenas uma pequena parcela do grupo de alterações que o Governo Federal está preparando para estes dois programas. Especificamente para o auxílio-taxista, o poder executivo avalia criar uma espécie de 13º salário para todos os mais de 300 mil motoristas que estão dentro da folha de pagamentos.

Até aqui não há previsão de liberações de um 13º para o Pix Caminhoneiro, já que o texto da lei que cria o projeto indica que o Governo só pode realizar seis pagamentos no decorrer deste ano. Assim, em caso de sobra da quantia, o Ministério não poderá fazer uma liberação extra, e sim devolver o residual para os cofres públicos.

O Pix Caminhoneiro e o auxílio-taxista são programas sociais que foram aprovados pela Câmara dos Deputados ainda em julho deste ano. O documento em questão liberou R$ 41 bilhões para uso do Planalto em pleno ano eleitoral. Parte deste dinheiro também está sendo usado para aumentar os valores de programas como o vale-gás nacional e o Pix Caminhoneiro.

Os novos calendários

Abaixo: você pode ver como fica o calendário do Pix Caminhoneiro após as mudanças:

1ª Parcela: 9 de agosto;
2ª Parcela: 9 de agosto;
1ª Parcela: 6 de setembro;
2ª Parcela: 6 de setembro;
3ª Parcela: 24 de setembro;
4ª Parcela: 18 de outubro – (antes era 22 de outubro);
5ª Parcela: 26 de novembro;
6ª Parcela: 17 de dezembro.

Veja como fica o calendário do auxílio-taxista depois das alterações de outubro:

1ª Parcela: 16 de agosto;
2ª Parcela: 16 de agosto;
3ª Parcela: 24 de setembro;
4ª Parcela: 18 de outubro – (antes era 22 de outubro);
5ª Parcela: 26 de novembro;
6ª Parcela: 17 de dezembro.

O Auxílio Brasil

No início desta semana, o Governo Federal já tinha anunciado oficialmente a antecipação do calendário de repasses do Auxílio Brasil. Assim como aconteceu em agosto, o poder executivo decidiu realizar as liberações logo na primeira quinzena do mês:

11 de outubro: Usuários com NIS final 1;
13 de outubro: Usuários com NIS final 2;
14 de outubro: Usuários com NIS final 3;
17 de outubro: Usuários com NIS final 4;
18 de outubro: Usuários com NIS final 5;
19 de outubro: Usuários com NIS final 6;
20 de outubro: Usuários com NIS final 7;
21 de outubro: Usuários com NIS final 8;
24 de outubro: Usuários com NIS final 9;
25 de outubro: Usuários com NIS final 0.

Neste mês de outubro, o Auxílio Brasil seguirá fazendo pagamentos de R$ 600 mínimos por família. Embora o calendário tenha sido antecipado, o fato é que as demais regras seguem iguais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.