Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.5/5 - (6 votes)

Governo corta imposto para importação de 11 produtos

O Governo Federal, por meio do Ministério da Economia, anunciou nesta quarta-feira (11) que decidiu realizar o corte do imposto de importação de 11 produtos. A princípio, conforme informações da pasta e apuração do Notícias Concursos, os produtos que terão imposto reduzido são:

  • carnes desossadas de bovinos congeladas: de 10,8% para zero
  • pedaços de frango: de 9% para zero
  • farinha de trigo: de 10,8% para zero
  • trigo: de 9% para zero
  • bolachas e biscoitos: de 16,2% para zero
  • outros produtos de padaria e pastelaria: de 16,2% para zero
  • produtos do aço, vergalhão CA 50: de 10,8% para 4%
  • produtos de aço, vergalhão CA 60: de 10,8% para 4%
  • ácido sulfúrico: de 3,6% para zero
  • mancozeb técnico (fungicida): de 12,6% para 4%
  • milho em grãos: de 7,2% para zero.

Antes de mais nada, é importante destacar que o Governo, ao realizar esse corte do imposto de importação, vai deixar mais barato a compra de produtos que são fabricados fora do Brasil. A medida tem o objetivo de amenizar o aumento de preços verificado nos últimos meses.

Todavia, vale destacar que ainda não é possível saber se a medida vai, de fato, levar à queda de preços no Brasil. Além disso, ainda não há garantias de que o desconto chegue até os consumidores.

Durante a tarde desta quarta, o secretário-executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys, revelou que “essas medidas não revertem a inflação”.

Veja também: WhatsApp: Veja como usar as novas reações de mensagens

Além disso, o secretário da pasta revelou que a expectativa do Governo é que aconteça um desestímulo a novos aumentos de preços no Brasil, já que o corte no imposto de importação torna o produto comprado no exterior mais competitivo.

De acordo com Guaranys, com o corte do imposto de importação “empresários vão pensar duas vezes antes de aumentar os preços”.

Governo corta imposto para importação de 11 produtos. Qual o efeito?

De acordo com o presidente-executivo da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro, a decisão do governo em cortar o imposto de importação de 11 produtos tende a ter efeito prático nulo no preço dos produtos.

Portanto, você vai gostar muito de ver:

Nova CNH 2022 já tem data para começar. Troca será obrigatória?

Novo RG Digital: Como emitir o novo documento em maio

De resto, segundo ele, isso ocorre porque o preço dos itens importados avançou, em média, 34% em abril deste ano de 2022. Na prática, os produtos importados também estão mais caros.

“Se você reduz em 10%, vai reduzir pouco sobre o preço total do produto. Matematicamente, não acontece nada. Ninguém vai importar um produto pela diferença, que é pequena. A inflação tem muito mais força do que essa decisão política”, declarou ele.

3.5/5 - (6 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

3 Comentários
  1. José Roberto Diz

    Safado eleitoreiro

  2. Agenor Pretti Diz

    Todos reclamam da inflação alta mas,alguém tem que tomar a iniciativa,governo federal,me parece que tem feito alguns esforço,para tentar reduzir a inflação,e os governos estaduais não faz nada,ficam quietos

  3. Raimundo Façanha Ferreira Diz

    Será que o fala fino (Randolfe) vai com a sua rede até o supremo para o xandão (porque os recursos só caem nas mãos dele) suspender os efeitos deste ato do presidente ???

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.