Google premia 14 trabalhos brasileiros através de programa de bolsas de estudos

O programa de bolsas de estudo da Google, Latin American Research Awards (Lara), premiou nesta quarta-feira (9) os projetos vencedores da sua nona edição. Ao todo, 14 trabalhos de alunos brasileiros receberam a premiação. 

O Lara é voltado para estudantes de mestrado e doutorado de universidades da América Latina e fornece incentivo para o desenvolvimento de pesquisas científicas no âmbito de programas de pós-graduação.

Além dos 14 trabalhos brasileiros, foram premiados trabalhos da Argentina, Chile, México, Peru e Uruguai. De acordo com o Google, o Brasil continua sendo o país com o maior número de trabalhos premiados.

Essa edição premiou trabalhos dentro da temática ‘Diversidade, Equidade e Inclusão’

A premiação visa diferentes temas a cada ano. Neste ano, o prêmio contou com a categoria “Diversidade, Equidade e Inclusão (DEI)”, com foco em projetos que abordam como a computação pode ajudar em problemas de disparidades sociais, como a de gênero, por exemplo. 

Além disso, o Lara continuou dando atenção especial aos projetos relacionados à Covid-19, tema principal em 2020. Desse modo, os estudos da área da saúde ainda receberam bastante destaque.

Um dos trabalhos brasileiros premiados foi o dos estudantes Anderson Rocha e Flávia Azevedo, que desenvolveram o trabalho intitulado “Combatendo a doença de Alzheimer por meio de inteligência artificial explicável”, na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

O projeto Lara visa promover a inovação e premiar estudos que apresentem soluções a partir de tecnologia para questões cotidianas. Nesse sentido, o diretor do Centro de Engenharia do Google na América Latina, Berthier Ribeiro-Neto, explica:

“Os últimos 2 anos mostraram que o futuro nos reserva grandes desafios com os quais teremos que lidar. Nesse sentido, um dos objetivos do programa Lara é valorizar o trabalho de pesquisa que busca soluções novas para problemas que afligem a sociedade ao largo, soluções com potencial de grande impacto social”.

Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Leia também Inep antecipa em dois dias o resultado das provas do Enem 2021; saiba mais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.